Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Internet livre, por agora

por jonasnuts, em 06.05.09

Parece que houve drama, suspense, manobras de diversão e intrigas umas mais palacianas que outras.

 

De acordo com o Tek, a proposta não passou.

 

A verdade é que eu não consegui perceber muito bem o que é que aconteceu à tal da proposta que ia hoje a votos no parlamento europeu, pelo menos a partir do texto do Miguel Portas. Aquilo é de tal forma confuso que eu acho que é propositadamente burocrático e complicado para que os cidadãos comuns não percebam.

 

Seja como for, parece que, pelo menos por uns tempos, a coisa está travada.

 

Seja como for, é preciso que nos mantenhamos atentos, que estes gajos, se nos apanham distraídos, borram a pintura.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



7 comentários

Imagem de perfil

De trodrigues a 06.05.2009 às 17:22

Parece que até as pessoas que percebem disto têm dificuldade em perceber o que se passou:http://www.iptegrity.com/index.php?option=com_content&task=view&id=338&Itemid=9

Essa rapariga anda a tentar explicar aquilo de forma mais amigável para os comuns mortais, por isso sugiro a qualquer interessado que tente seguir o que ela escreve.
Sem imagem de perfil

De JP a 07.05.2009 às 18:45

"The vote means that the EU debate on the future of the Internet and civil liberties will continue into the Swedish Presidency"

Não sei se isto é bom :/ Afinal os Suecos ainda estão "escaldados" do caso Pirate Bay.

Sem imagem de perfil

De JP a 07.05.2009 às 18:51

. Aquilo é de tal forma confuso que eu acho que é propositadamente burocrático e complicado para que os cidadãos comuns não percebam.

Não foi burocrático, do que percebi do artigo do Miguel Portas, foi mesmo David contra Golias, em que os pequenos partidos unidos derrotaram os dois grandes grupos parlamentares, ou pelo menos conseguiram adiar a luta.

A estratégia foi simples - a poucos dias de eleições, qual é o deputado que quer ser acusado de ter "destruído a Internet" ?

Se não houvesse voto explícito da alteração, sempre poderia dizer que passou ao lado, junto de uma legislação complexa, enfim aquelas coisas que engolimos todos os dias às oito da noite.

Kudos aos partidos pequenos. Foram grandes :)


Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.05.2009 às 22:23

"Seja como for, é preciso que nos mantenhamos atentos, que estes gajos, se nos apanham distraídos, borram a pintura."

Sim, temos de estar atentos. Afinal fomos nós que l fomos votar e fizemos toda a diferença.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 07.05.2009 às 22:33

E precisa de ser eleito deputado para se manter atento?
Eu, pela minha parte, perguntei aos candidatos ao PE, qual seria o seu sentido de voto, se fossem eleitos.

O meu voto depende da resposta. :)

E acha que as várias demonstrações da comunidade (mails, blogs, cartas, etc.) não foram tidos em conta?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.05.2009 às 01:43

"O meu voto depende da resposta. :)"











Acho muito bem. O meu também devera depender dela, mas repare no seguinte:











O Sócrates foi eleito com a promessa objectiva e irrefutável de não aumentar os impostos e de não cobrar as SCUTs .











Recomendo ver:
http :/ www.youtube.com /watch?v=NBiCeUE6Hek











Foi eleito sob premissas de comportamento que violou consciente e deliberadamente. Nao foi demitido por isso como deveria ter sido.











E a mesma coisa que casar com um homem que promete amor eterno e na noite de nupcias ele desata a porrada violenta com a esposa (ou o inverso para os politicamente correctos). Aqui pode pedir divorcio , no caso de politicos nada lhes acontece.











Neste caso e o mesmo. Nao tenho qualquer garantia que quem me diga que vai votar X não acabe por votar não X. Durante a legislatura não sofre represalias e se for no meio da legislatura o pessoal esquece e ate torna a votar no tipo.











"E acha que as várias demonstrações da comunidade (mails, blogs, cartas, etc.) não foram tidos em conta?"











Talvez mas acho que tem muito menos peso do que parece pensar. Os activistas sao sempre uma minoria. As eleicoes estao a porta e fica mal votar numa coisa que retira direitos ao povao nesta altura. Algum jornalista matreiro (ainda nao no desemprego ou ameacado disso) poderia fazer uma pergunta sobre o assunto.



Acho sinceramente que estou quase impotente sobre isto. A unica coisa que posso fazer e mossa tipo escolhendo o ISP com as melhores regras e pouco mais.



Parabens, o corrector ortografico ja funciona. Sem acentos ate deu jeito. O problema e que vai aumentando os BR.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 08.05.2009 às 08:51

Sim, nada me garante que sejam cumpridas as promessas mas eu, ao contrário de muita gente, não esqueço. Não voltarei a votar numa pessoa (e num partido) que não cumpra uma promessa que me tenha sido feita. Ah, mas nesse caso não vota em ninguém, dirá. Não seria a primeira vez que eu ia votar, chegava lá, e votava em branco. É, para além das decisões de consumo, a minha forma de participar. É pouco? Provavelmente, mas são as de que disponho. A alternativa é não fazer nada, e isso não faz o meu género :)

Comentar post






Arquivo