Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Ensitel (take 2)

por jonasnuts, em 28.02.09

Curiosa, fui ver.

Uma pesquisa simples por Ensitel dá pano para mangas em termos de reclamações. Muitas, muitas, muitas pessoas com o mesmo tipo de resistência à troca (ah, porque tem um risco - que mais ninguém vê), o mesmo tipo de falcatruas e desvios. O rol de reclamações é interminável.

 

Penso que estará para breve a criação da associação dos clientes insatisfeitos da ensitel.

 

A minha pergunta é muito simples, a partir de quantas reclamações é que uma empresa é multada?

 

De que é que serve a reclamação, para além de contribuir para resolver problemas pontuais? Se há um padrão de reclamações, continuado no tempo, não há quem multe este tipo de práticas desonestas?

 

Se isto fosse nos Estados Unidos, já tinham ido à falência, com processos legais e indemnizações chorudas aos lesados.

 

(Veja também Ensitel take 1, Ensitel take 3, Ensitel take 4, Ensitel take 5 ou salte directamente para o Ensitel take 6)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



34 comentários

Imagem de perfil

De Paulo Barbosa a 28.02.2009 às 00:53

Há uns tempos (três anos?) o meu pai comprou um telemóvel da Benq Siemens na The Phone House aqui em Santa Maria da Feira. Uns meses depois, o display deixou de dar sinais de vida (o que era comum, num telemóvel como aquele que abria em concha).
O que passou também a ser comum eram as idas à loja que foram 4 (!) em alguns meses.
Tal como diz a Lei, o cliente pode reclamar uma troca ou reembolso se um problema se repetir várias vezes... e quando cá em casa se tomou essa iniciativa, a The Phone House só arranjava desculpas... era a Benq Siemens que já tinha falido e não podia ajudar... era o meu pai que tinha que ir directamente à marca ou à TMN, ou sei lá bem, ... enfim o meu pai protestou, eu protestei, ... ameaçou-se a empresa... com pedidos especiais para a sede em Lisboa e milagrosamente conseguiu-se recuperar o dinheiro, sob a forma de vale a gastar naquela loja.

O Nokia que o meu pai ainda hoje usa foi a última compra da minha família naquela cadeia de lojas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.12.2010 às 20:48

Boa tarde
Além da lei também existe o senso comum.
Ora pela lei temos uns 15 dias para trocar um produto com defeito. Ora quando o equipamento mostra defeito meses depois nem a lei pode ajudar em nada. Quem é que não diz que foi você mesmo que causou o problema no display?! Pode não ter sido um problema de fabricação.... Já pensou que se tivesse uma loja sua também não iria aceitar tal reclamação...
É que nós portugueses temos a mania de dizer mal e falar nas leis mas nem sempre temos razão quando reclamamos... No seu caso sinceramente das duas uma tentava por na garantia, que de certeza não ia cobrar, ou então pagava o arranjo.
Agora dizer mal de uma empresa, que até trabalha bastante bem, quando não temos o mínimo de razão é que não.

Sem mais de momento

Cumprimentos

P.S.: Não sou nem nunca fui colaboradora da Phone House, sou simplesmente uma cliente.
Sem imagem de perfil

De Nef~ a 29.12.2010 às 13:44

Caro "Anónimo", penso que o que o sr. paulo Barbosa está a querer dizer é que levaram o equipamento VÁRIAS vezes á loja. Quatro, pelo que li.
Deixe-me informá-lo: vai á primeira vez para reclamação/reparação (2em1 lol) e o cliente tem que esperar (bem, ter não tem, mas espera praticamente sempre) uns bons 30 dias para ter o aparelhito de volta. Ok, tudo bem. Vai á segunda vez, pq da primeira não ficou arranjadinho, e aí o prazo encurta para 15 dias. se voltar a avariar ou se ultrapassarem o prazo, a loja tem que reembolsar o cliente ou dar um equipamento novo. Senão, o cliente que bata o pe e faça birra e mais birra até que o ouçam.

Foi o que me aconteceu na Worten com uns phones. Foram pela 2ª vez a arranjar e como passaram mais de 15 dias e os phones ainda não estavam ali, devolveram-me os 30€ em dinheiro vivo.

Se eu tivesse que ir 4 vezes resolver o MESMO PROBLEMA, caramba, então passava-me e ai de quem chegasse á minha beira e dissesse "Olha lá, como é que não sei se não és tu quem repetidamente dá cabo do ecrã do telé por gozo?"

Além disso, é preciso perícia para avariar repetida e continuamente um ecrã dum telemóvel.
Sem imagem de perfil

De Carlos a 30.12.2010 às 11:45

Caro anonimo, que comentário tão disparatado...
Só porque o sr/srª é um(a) cliente satisfeito(a) não pode haver outros insatisfeitos e com razão para reclamar....
Sem imagem de perfil

De catarina campos a 28.02.2009 às 01:43

O que normalmente dá resultado é mandar uma queixa para a casa-mãe com cc à empresa cá a explicar a má vontade etc etc. É num instantinho enquanto se resolvem as coisas.
Sem imagem de perfil

De Pedro Aniceto a 28.02.2009 às 19:30

Porque é que não lhes sugeriste que ficassem com a tampa nova da bateria?
Imagem de perfil

De jonasnuts a 28.02.2009 às 23:08

Porque eles não tnham nenhum em stock.

De qualquer forma, depois de me mandarem à Nokia (e eu ter ido) e de me mandarem para a loja do Oeiras Parque (e eu ter ido), eu já só quero o meu dinheiro de volta, quero extinguir o mais rapidamente possível a minha relação com a ensitel
Sem imagem de perfil

De JP (esse) a 28.02.2009 às 21:08

Pois, por essas é que nos produtos com preço controlado ou bastante similar - tipo portáteis ou a maioria dos telemóveis compensa uma loja serviço pós-venda bom e comprovado. Da minha experiência o El Corte Inglés e a Fnac (por essa ordem) compensam essencialmente neste tipo de produtos. Quando avaria troca-se, no questions asked. No El Corte Inglés já me chegaram a devolver o dinheiro quatro meses depois da compra e de uma troca.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 28.02.2009 às 23:09

Sim, a minha experiência como cliente do Corte Inglês é excelente.
Sem imagem de perfil

De alnc a 02.03.2009 às 15:04



uma simples pesquisa por Ensitel no queixas.co.pt

http://www.queixas.co.pt/pesquisa.php?pesquisa=ensitel&sel_pesquisa=entidade&x=0&y=0

palavras para kê..


Sem imagem de perfil

De Maria a 05.03.2009 às 02:29

De facto o rol de reclamações é interminável e se for procurar the phone house, vodafone, optimus, tmn, fnac, worten, vobis, rádio popular... entre outros? Eu já fui e imagine-se lá o rol tb é indeterminado e sabem porquê? Porque o povinho português não faz mais nada senão reclamar, reclama por tudo e por nada, assim que começarem a cair multas por reclamações não fundamentadas começa-se logo a perder o pio...
As pessoas estão é muito mal habituadas acham que tem de ser tudo como lhes convém e há outras que não têm mais nada que fazer então acham giro andar pa trás e pá frente a perder tempo em vez de se concentrarem numa solução mais rápida para o problema, não é melhor entupir os tribunais e lavar roupa na praça pública?Pois então não?Como a esta altura já se devem ter apercebido trabalho no ramo portanto tenho conhecimento das coisas que digo e também sou consumidora e como tal consigo perceber que existem procedimentos que são impostos pelos fabricantes e não empresa em qualquer serviço... se a senhora devolver o seu nokia E71 riscado a Nokia vai devolver o equipamento neste caso à ensitel pois não cumpre os procedimentos de DOA(death on arrival) e como deve calcular a empresa não o vai poder colocar à venda! Já que se sente tão injustiçada o que acha que a empresa deveria fazer perante esta situação? Pegar nesses milhares de telemóveis e dá-los aos pobres?Se toda a gente tivesse este pensamento não tinha onde comprar telemóvel pois as empresas estariam todas falidas não?E não pensem que por irem à marca ou outro agente que ele vos diz que tal loja devia ter efectuado a troca é uma grande treta pois para além dessa pessoa não estar a ser minimamente solidária com o vosso problema porque não compraram lá o tlm ainda fica contente por meter lenha pa fogueira...
Imagem de perfil

De jonasnuts a 05.03.2009 às 09:08

O telefone não tem riscos, e o que aqui se condena é a atitude da Ensitel, na forma como não se mostrou disponível para resolver o problema. Eu paguei uma pipa de massa por um telefone defeituoso, a empresa que me vendeu o telemóvel demitiu-se de imediato das suas responsabilidades, sem ter feito qualquer esforço para a reslução da questão. A primeira reacção foi encaminhar-me para o fabricante que viu o telemóvel, disse que repararia, se eu quisesse, mas que eu tinha direito a um novo, na loja.

A lei diz exactamente a mesma coisa (não só procurei online como me foi confirmado ontem pela advogada).

É uma questão de atitude. Se a Ensitel tivesse tentado resolver o meu problema, a minha atitude seria diferente, mas não, fechou-se atrás dos procedimentos da empresa (que contrariam a lei portuguesa), o que faz com que eu não queira ter mais nada a ver com tal empresa. Houve quebra de contrato, pelo que este está resolvido, devendo proceder-se à devolução do equipamento e à respectiva devolução do dinheiro.

As simple as that.
Sem imagem de perfil

De Maria a 05.03.2009 às 23:54

O que eu acho lamentável é que o fabricante tenha dito isso quando é a marca que manda o telefone de volta à empresa se este tiver o mínimo risco!É como já referi anteriormente isto é tudo muito bonito quando o telefone foi comprado noutra loja, pois os procedimentos não são impostos pelas empresas mas sim pelas marcas e operadoras, se tivesse comprado o telemóvel numa loja da Nokia e estivesse na mesma situação era uma falta de profissionalismo das colegas da ensitel ou de qualquer outra loja dizer-lhe a si que lhe deveriam ter trocado o telemóvel pois sabem que o valor do telemóvel seria imputado à pessoa que o trocou!!!Mas sei que há muita gente assim como já disse não estão solidários querem é meter lenha na fogueira e se calhar até lhe disseram isso na Nokia por falta de vontade de reparar o equipamento!
Em todo o caso acho que está no seu direito de reclamar e até que faz bem pode ser que com esse tipo de pressão as marcas mudem os procedimentos que impõem às empresas e que a empresa não tenha de ficar mal perante o cliente porque nisto tudo quem na realidade lhe está a dificultar a vida é a marca mas quem lhe está a dar a cara é a empresa!
Imagem de perfil

De jonasnuts a 06.03.2009 às 00:05

O problema é que a empresa não deu a cara. A empresa coloca uns colaboradores sem qualquer autonomia, presos a regras apertadas que, se não cumprirem têm de pagar, e estes colaboradores, evidentemente protegem-se. A empresa em causa, minha fornecedora, apressou-se remeter-me para a marca. Não tentaram resolver-me o problema. Descartaram quaisquer responsabilidades. Não é assim que uma empresa deve tratar os seus clientes.
Sem imagem de perfil

De Antigo Trabalhador da PT a 15.07.2009 às 17:53

"O problema é que a empresa não deu a cara. A empresa coloca uns colaboradores sem qualquer autonomia, presos a regras apertadas que, se não cumprirem têm de pagar, e estes colaboradores, evidentemente protegem-se."


AHAHAAH isso lembra-me os anos que estive a trabalhar para a PT, em que a empresa nunca deu a cara, apenas os (meus) ouvidos e demasiado da minha paciencia, por exemplo em 2005, com clientes que sem computador lhes foi impingido por telemarketing um kit usb adsl que segundo estes, funcionava ligando-se à televisao...
Imagem de perfil

De jonasnuts a 15.07.2009 às 19:39

Não estou a falar em nome da PT isto é o meu Blog pessoal.
Mas, enquanto funcionária da PT, do SAPO, mais propriamente, nunca encontrei dentro da empresa qualquer resistência em resolver os problemas de clientes que por vezes identifiquei. Tivessem a ver com a minha área ou não.

A PT tem ainda muito espaço para melhorar, obviamente, mas poderei endereçar essa questão noutro post. Neste post falei especificamente do mau serviço que a Ensitel presta às pessoas que se tornam suas clientes.

O argumento de haver outras empresas a funcionar pior, não cola.
Sem imagem de perfil

De Carlos a 30.12.2010 às 11:55

Realmente é lamentável, a srª que segundo diz trabalha na área juridica, faça este tipo de comentarios, (bem como o anterior) referindo inclusivé o risco que segundo a proprietária do telemóvel , não existe e que ninguem tem o direito de duvidar da veracidade das palavras da cliente.
Sem imagem de perfil

De alexandra a 15.04.2009 às 16:18

Pois infelizmente conheço muito bem essa realidade e concordo perfeitamente. Sejam as regras impostas pela marca ou pelo operador existem formas de se resolver os problemas dos clientes, é preciso é que a Empresa se dê a esse trabalho. A Ensitel toma os clientes como garantidos, mas não deve...a empresa devia ser multada por incumprimento de prazos, falta de qualidade de atendimento e muitas outras características que penalizam os clientes. Eu digo isto pois sei bem como a empresa trabalha e o que valoriza...infelizmente
Sem imagem de perfil

De Opiniões a 02.05.2009 às 22:08

Continuo a dizer, depende das posturas que os clientes manteem, na loja!!!

Jonas, se as empresas fechassem após reclamações, não havia nenhuma aberta, porque existem sempre clientes insatisfeitos, ou desocupados sem nada para fazer e que decidem reclamar reclamar reclamar....mas a frustração d euma vida pessoal não se resolve nem se descarrega num livro de reclamações.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 02.05.2009 às 23:59

Uma relação contratual não depende de posturas. Depende da lei.

Não pretendo que a empresa encerre, é-me indiferente, não pretendo ter nunca mais, nada a ver com essa empresa. Quero termnar o mais rapidamente possível qualquer relacionamento com uma empresa que trata tão mal os seus clientes.

Mas se as pessoas reclamassem mais, em vez de fazerem o que muitos teriam feito no meu lugar, talvez as ensiteis da vida não se pudessem dar ao luxo de tratarem as pessoas desta forma.

Quanto à frustração da vida pessoal, parece-me pouco apropriado, e típico de quem, em faltando argumentos, recorre ao que pode, mesmo que seja baixo nível.
Sem imagem de perfil

De maria a 16.07.2009 às 00:03

Olá,

Precisa de um empréstimo?

Então o que se segue é registada empréstimo empresa que você está usando para entrar em contato com as informações abaixo:

europeanfinance@live.com
Sr. Rudi Huber
Tel: +447024035608
FAX: +0845 6021909
EMPRÉSTIMO legítimo EMPRESA
ESTABELECIDAS 1905
Registada sob BRITÂNICOS COMODATO cooperação.
REINO UNIDO
Imagem de perfil

De jonasnuts a 16.07.2009 às 00:06

E se fosse fazer spam para o raio que te parta?

Caso não percebas o que eu acabei de dizer, foi uma forma mais ou menos polida de dizer-te "fuck you".

Capiscas?
Sem imagem de perfil

De David Gae a 31.10.2009 às 15:16

Hola,

¿Necesita un préstamo?
¿Necesita un préstamo de negocios?
¿Necesita préstamo garantizados o no?
¿Necesita un préstamo para iniciar una nueva vida?
¿Necesita un préstamo para pagar las cuentas?
¿Necesita un préstamo comercial?
¿Necesita un préstamo a ejecuta proyectos, etc .........

Entonces póngase en contacto con el Sr. Ricky James a través de esta dirección de correo electrónico si usted necesita un préstamo:

hopefinance@live.co.uk

Oferta de préstamo se aplican ahora



Feira
coca-cola_loan_firm@live.com
dvc_financialpjt@hotmail.com




Oi,

Precisa de um empréstimo?
Precisa de um empréstimo de negócio?
Você precisa de empréstimo de garantia ou não?
Precisa de um empréstimo para começar uma vida nova?
Precisa de um empréstimo para pagar as contas?
Precisa de um empréstimo de negócio?
Precisa de um empréstimo para executar projetos, etc .........

Em seguida, contacte o Mrs. Mariah Sherley através deste endereço de e-mail se você precisar de um empréstimo:

greatfinance@live.com


Comentar post


Pág. 1/2






Arquivo