Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



O sururu do Twitter

por jonasnuts, em 24.01.09

Existe há algum tempo, o Twitter, mas parece que só agora é que colou. Só agora é que parece começar a estar na moda em Portugal. Eu confesso, sou uma céptica do Twitter, e explico porquê.

 

Por todas as razões apontadas aqui pelo Bitaites.

 

E porque, se olharmos um bocadinho para trás, verificamos que, na sua origem, os Blogs começaram por ser isso mesmo, uma plataforma que servia, basicamente, para troca e partilha de links, com pequenas recomendações.

 

Depois os Blogs evoluíram, tecnológica e socialmente, e são hoje plataformas muito mais completas, que, dêem-lhes uns mesitos e começam a tirar cafés. Longe dos tempos em que era preciso alguns conhecimentos técnicos, e em que as plataformas eram algo limitadas, os Blogs são hoje potentes ferramentas que incorporam tudo (áudio, vídeo, imagens, formulários, java, ajax, e demais parafernálias que a malta se lembre de lá colocar.).

 

De regresso ao Twitter. Faz lembrar um bocadinho o início dos Blogs, embora com ferramentas de publicação mais facilitadas. Tem um bocadinho de componente social, por causa daquela coisa dos seguidores e dos seguidos. Mas não vejo, assim de repente, qualquer espaço de evolução. Mas hey, posso estar enganada. Assim como assim, também não era uma fanzoca dos Blogs, que tiveram de me conquistar.

 

Mas, está na moda, lá isso está.

 

E porque está na moda, e é in estar no Twitter, toda a gente lá quer estar. Não sabem muito bem porquê, mas sabem que querem. E vão e chegam, e abrem contas (que é uma coisa facílima de fazer) e configuram o que há a configurar. E descobrem o TwitterFeed que descarrega para o Twitter os posts do Blog, e depois descobrem que podem colocar no Blog um widget com os posts do Twitter, que usam para descarregar os feeds do Blog..... estão a ver onde é que isto leva, certo? Ao loop infinito.

 

No site da presidência da república (isto deveria estar com maiúsculas?) anunciou-se há uns dias que já tinham um Twitter. Hoje vi um Twit do Carlos Vaz Marques, curioso acerca do facto do Twitter da presidência seguir o Twitter Oliveira Salazar. Cheira-me que alguém na presidência se entusiasmou com a história dos seguidores e decidiu angariá-los a qualquer custo, activando o "seguir todos os que me seguem". Por acaso foi um Oliveira Salazar que suscitou curiosidade. Se em vez do Oliveira Salazar fosse um "Cavaco é burro" (isto para não ser ainda mais politicamente incorrecta), já não suscitaria curiosidade, suscitaria outras coisas.

 

Isto tudo porque nestas coisas da representação de imagem no meio virtual, ainda não há (que eu saiba) em Portugal quem possa aconselhar as pessoas públicas que querem estar, mas não sabem como. Qualquer assessor de imagem deveria ter formação nesta área. Mais, esta vertente da assessoria de imagem não é sequer valorizada, tudo isto é, aparentemente, tão fácil, que qualquer pessoa pode fazer. Faz-me lembrar os tempos em que as empresas não queriam os serviços das agências de publicidade, para o online (sites) porque "o meu sobrinho percebe de computadores e faz-me isso de borla" (eu ouvi isto, por mais do que uma vez, da boca de directores de marketing, mudando apenas o parentesco de ligação ao carola dos computadores.).

 

É tudo tão mal enjorcado, tão pobrezinho mora longe. É aflitivo o atraso de Portugal nesta área. Somos os reis do desenrasca, mesmo quando não precisamos de ser desenrascados.

 

Só nos enrascamos.

Autoria e outros dados (tags, etc)



10 comentários

Sem imagem de perfil

De Professor Pixel a 25.01.2009 às 00:10

Para mim é mais um IRC limitado a 140 caracteres.
Sem imagem de perfil

De Manuel Padilha a 25.01.2009 às 01:27

E eu que sempre disse e escrevi "enjorgado" em vez de "enjorcado"...? Obrigado pela luz (que a Priberam confirma).
Sem imagem de perfil

De Fernando Penim Redondo a 25.01.2009 às 12:27

Confesso que também ainda não consegui ver a utilidade, ou graça, do twitter.
Ou ele é um bocadinho infantil ou então sou eu que estou a ficar velho.
Sem imagem de perfil

De Vitor Domingos a 25.01.2009 às 15:43

... é a vaga dos acessores online. qualquer dia vira profissão e lecciona-se nas faculdades. já estou a ver as disciplinas: "blogs 1", "gestao de contas online", "gmail aplicado, I e II", etc.

De qualquer das formas, os jornalistas 2.0 (everyone's a reporter nowadays) estão no bom caminho para "acessorarem" estas novas personagens sem queda para tecnologia.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 25.01.2009 às 18:17

Mas não achas que fazia sentido que os assessores tivessem alguma formação nesta área? Eu acho fundamental.
Qualquer pssoa que trabalhe a imagem de um cliente deve perceber como promover (e defender, se for caso disso) essa mesma imagem, online. O online é cada vez mais importante, menosprezá-lo é cometer um erro de iniciado, pouco compatível com o que um assessor deve, de facto, fazer.
Sem imagem de perfil

De Vitor Domingos a 27.01.2009 às 00:04

"Qualquer pssoa que trabalhe a imagem de um cliente deve perceber como promover (e defender, se for caso disso) essa mesma imagem, online."

Um dos problemas da sociedade moderna dos "famosos", anda metade a trabalhar para que a outra metade tenha bom aspecto e diga as coisas correctas. Na verdade, ja ninguem é autêntico.
Sem imagem de perfil

De Artur Salgado Silva a 26.01.2009 às 04:00

Não me parece que a Presidência esteja a seguir todos os que a seguem de forma automática, pois neste momento os números são 881 followers, 704 following, logo seguiram @OliveiraSalazar por opção e após este ter seguido o @presidencia.

Não entendo assim o porquê de tanto sururu, sinceramente é não ter mais nada para opinar e não saber do que opina, pois qual a diferença entre seguir um nick, que é obviamente falso, OliveiraSalazar em relação a um outro Jonasnuts? (já vi que não segue nem é seguida, mas se seguir o @presidencia, provavelmente será seguida. No que é que o seu Nick difere do @OliveiraSalazar?

@BarackObama segue 168,347. @DowningStreet segue 21.609. Não me diga que não há lá nenhum Username estranho, com palavreado menos apropriado ou sem sentido?

Pense um pouco mais sobre isto e escreva de seguida o que se espera, um post a criticar o quanto mal foi gerida a campanha de Obama no Twitter e o quanto 10 Downing Street está a usar mal o Twitter.

No fim finalize com uma frase do género "É tudo tão mal enjorcado, tão pobrezinho mora longe. É aflitivo o atraso de Inglaterra/EUA nesta átrea. São os reis do desenrasca, mesmo quando não precisam de ser desenrascados."
Imagem de perfil

De jonasnuts a 26.01.2009 às 10:40

Neste momento a Presidência não está a seguir automaticamente todas as pessoas que a seguem. Fiz a experiência.

De resto, discordo de tudo o que disse, embora defenda o direito que tem de opinar sobre o que muito bem lhe apetece, mais uma diferença entre as nossas opiniões.

Por último, comparar o universo de utilizadores portugueses ao universo de utilizadores americanos e ingleses (seja em quantidade seja em maturidade virtual) é, na minha perspectiva, cometer um erro. Não são questões comparáveis. Nem o grau de profissionalismo (entenda-se, consultores para as questões da imagem) que existe nos dois países, em comparação com Portugal.
Imagem de perfil

De maquinista a 26.01.2009 às 13:00

Viva,

"No site da presidência da república (isto deveria estar com maiúsculas?) "

Sim, deveria estar.

Consulta aqui o blog Causa Nossa do Constitucionalista Vital Moreira (entre outros, mas 90% do que lá está escrito é dele) e faz um find na página que depressa descobres:

http://causa-nossa.blogspot.com/

-- Mário Gamito

PS. O "Verificar Ortografia" está a dizer-me:

"Not Found
The requested URL /commentspellcheck.bml was not found on this server.

Additionally, a 404 Not Found error was encountered while trying to use an ErrorDocument to handle the request. "
Sem imagem de perfil

De PDuarte a 26.01.2009 às 16:00

quando o Abrupto aderir ao Twitter eu farei o mesmo logo a seguir.

Comentar post






Arquivo