Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Recomendo vivamente a leitura atenta deste post do Enrique Dans sobre o tema. Especialmente recomendado a anunciantes, agências de publicidade (mais especificamente sobretudo se  se tratar duma "especializada" em publicidade online), e áreas comerciais de portais ou grandes sites.

 

Vão, e vejam se aprendam qualquer coisinha.

 

Andamos nisto há anos, e vocês ainda não perceberam nada.

Autoria e outros dados (tags, etc)



16 comentários

Imagem de perfil

De dottoratoamilano a 24.01.2009 às 16:59

(peço desculpa, que isto nada tem a ver com o post)
Ontem, falando com uma amiga minha, com blog no blogspot, perguntava-lhe eu pq n mudava para o sapo.
Resposta: Para o Sapo? Mas isso é tão azeiteiro!

Porque achas que o SAPO ainda tem esta imagem? No caso dela, era só por ser... Português, e pq o blogspot está ligado ao google.
Enfim...
Imagem de perfil

De jonasnuts a 24.01.2009 às 17:04

É uma das coisas que funcionam a nosso desfavor :)

O factor fashion. É mais fashion estar numa plataforma que pertence ao Google, porque o Google é fixe, é essa a percepção.

Só há 2 formas de lutar contra isso. Fazer um bom trabalho tratando bem os que cá estão (o boca a boca funciona bem), e esperar um bocadinho, qualquer dia o Google fica tão popular, tão popular, tão popular que deixa de ser fashion estar no Blogspot :)

Pode ser que eu ainda esteja no SAPO quando isso acontecer, mas também pode ser que não :)
Imagem de perfil

De pedrocs a 24.01.2009 às 21:48

Lamento, mas a imagem azeiteira do sapo não tem a ver com "não ser o google". Tem a ver com a publicidade que é feita ao adsl que é parola e a maioria do público não distingue os sapo-web do sapo-adsl.
Sem imagem de perfil

De 2.3 Canino a 25.01.2009 às 18:40

O Blogger tem os seus prós e contras, bem como o Sapo e os restantes...

Por exemplo...
A Wordpress tem páginas html, mas não deixa editar a template (a não ser que se pague).
Tanto o Sapo como o Blogger obriga aos membros terem de ter um e-mail do sapo ou do google, respectivamente.
A Wordpress permite proteger os post's por passoword, podendo mesmo a pass ser diferente de post para post.
Depois há o criarumblog.com que o unico mal é ter publicidade obrigatória e em demasia...

Coisas que podem ser melhoradas e acredito que o serão. Por enquanto escolho o Sapo. Porquê? É 100% português e só por aí ajuda. Páginas HTML nada como um tópico postado para o ano passado xD e depois colocado um link. O que me deixa triste é talvez o número de componentes que só podem ser 10 no máximo, embora não tenha tido grande necessidade até ao momento.

Eu sei que aqui não é o melhor lugar, mas uma boa sugestão seria também possibilitar uma "base de dados" de partilha de templates (ao estilo do hitskin.com para fóruns, isso sim seria bom) ;)
Sem imagem de perfil

De 2.3 Canino a 25.01.2009 às 18:42

LOL, encontrei agora mesmo um blog com templates especialmente para o sapo...

Shame on me xD

http://templates.blogs.sapo.pt/
Imagem de perfil

De jonasnuts a 25.01.2009 às 19:18

Ah, sim, mas pensei que se referisse a algo maior, que está nos planos :)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 25.01.2009 às 19:16

E o que eu gosto de "problemas" de resolução simples :)

Não precisa de ter um mail do SAPO para criar um Blog. Pode usar o gmail, o hotmail, o mail da empresa, o que lhe apetecer, para se registar no SAPO :)

Não está restringido a 10 componentes, uma vez que nada o impede de colocar mais do que um widget por componente :)

Privacidade restringida por post não estava pensado, mas por blog está em desenvolvimento. Podemos considerar a opção de ir mais longe e restringir por post, vamos ver o que é que a equipa diz.

Templates, acrescentar uma forma da comunidade poder participar é uma das grandes opções para este ano.

Pelos vistos estamos no bom caminho :)
Sem imagem de perfil

De 2.3 Canino a 25.01.2009 às 19:52

E por favor mantenham o Sapo livre de publicidade obrigatória xD

O problema de algumas empresas é quando sobrepõem o interesse económico a tudo o resto ;) Claro que as publicidades são uma boa forma de rendimento... Mas pode-se sempre fazer um sistema muito semelhante ao "Adição de Senso" do Google xD (vulgo adsense).

Melhor mesmo era manter como está saudavelmente sem publicidade :)

(e num digo mais nada que isto de tar a poluir o blog com comentários destes até me faz pensar que estou a agir como um criador de spam...)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 25.01.2009 às 20:54

São esses os nossos planos :)

Sem imagem de perfil

De BL a 26.01.2009 às 09:21

Obrigado, pelo link. Foi este anúncio que me fez activar o adblock para anúncios *swf* do google. Ter de pensar onde deixo o rato enquanto navego é deveras chato!

BTW: Pq não consigo verificar a Ortografia no teu blog?
Imagem de perfil

De jonasnuts a 26.01.2009 às 10:27

Porque o meu blog está em domínio próprio e não está no topo da nossa lista de prioridades resolver essa incompatibilidade entre a priberam e os domínios próprios :)
Sem imagem de perfil

De BL a 26.01.2009 às 10:38

:) Nunca tinha reparado :) Trabalhando no sapo e com o favicon do sapo sempre assumi que estava um .sapo.pt alí pelo meio do endereço ...
Imagem de perfil

De jonasnuts a 26.01.2009 às 10:41

Os dois endereços funcionam (jonasnuts.blogs.sapo.pt e jonasnuts.com), este blog foi o primeiro a ter domínio próprio nos Blogs SAPO. Primeiro testamos com os nossos, depois abrimos aos utilizadores :)
Sem imagem de perfil

De André Maricato a 26.01.2009 às 18:32

Estou a ler um livro, que comprei no Brasil, sobre o assunto que tem lá muita coisa interessante. "Google Marketing" de Conrado Adolpho Vaz.
Imagem de perfil

De Patricia a 26.01.2009 às 19:19

Se as campanhas agressivas e chatas e irritantes dessem prejuízo, porque é que as empresas continuariam a insistir nelas? (essas campanhas duram, e duram e duram...)
Nenhuma empresa desperdiça dinheiro, portanto se mantêm as campanhas online, é porque dão lucro.
É chato, pois é, mas vende. Por cada pessoa incomodada, deve haver outra que clica. E por cada mil que clicam, deve haver umas quantas que compram.
É como os intervalos nas salas Lusomundo, ninguém gosta deles, mas resultam em muitos baldes de pipocas :P
Imagem de perfil

De jonasnuts a 26.01.2009 às 19:47

Por isso é que os patetas que clicam nos tais anúncios estão incluídos na lista :)

Quanto aos anunciantes (e às agências), se isto é o melhor que conseguem fazer, está tudo dito. Há muita publicidade que funciona e que não é intrusiva, pelo contrário, põe as pessoas a serem, elas próprias, um canal de divulgação. Precisa é de ser bem feita.

Comentar post






Arquivo