Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Depois de aqui expor a minha perplexidade, as minhas dúvidas e a minha ignorância em relação à forma como as coisas funcionam no Parlamento Europeu, fui aprofundar.

 

Isto tudo porque percebo que a senhora Mikko tenha todo o direito de fazer uma proposta imbecil (as pessoas têm o direito a serem imbecis se quiserem ou se não puderem ser de outra forma), mas já não percebo que uma instituição como o Parlamento Europeu possa ser imbecil. Aceito a imbecilidade individual, não aceito a imbecilidade das instituições, muito menos desta instituição (que é mais do que uma instituição, já agora).

 

Perguntei a um grande entendido da matéria dos meandros políticos nacionais, internacionais e até europeus:

 

Olha lá, tu que percebes destas coisas, explica-me como se eu fosse muito burra, como é que o parlamento deixa chegar isto, sequer, a debate?

 

Resposta (sic, e transcrita da minha janela de messenger):

"como é que chega a ser debatida é fácil: ninguém leu ou era chinês para quem leu!"

 

Depois queixam-se da falta de credibilidade da UE junto das camadas mais jovens.

 

E agora, madame Mikko, se quiser saber quem foi a minha fonte, venha atrás de mim.

 

 

Já agora, a senhora tem Blog, mas, para mim, não adianta de muito, só percebo a data do post.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



2 comentários

Imagem de perfil

De pedrocs a 24.09.2008 às 13:25

Vai lá ver quantos congressistas americanos leram o Patriot Act antes de o aprovarem...
Sem imagem de perfil

De Phil a 24.09.2008 às 15:10

Espectacular, o número de comentários que a senhora tem no blog...impressionante...

E por momentos, esgasgei-me nesta palavra: "postitused"...

Comentar post






Arquivo