Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Bicicletas

por jonasnuts, em 14.09.08

Leio no SOL (online e sem link, porque eu não linko o Sol) que Paulo Guerra dos Santos fez um estudo sobre a utilização de bicicleta na cidade de Lisboa.

 

Não li o estudo, apenas a notícia do Sol, pelo que a minha opinião sobre a coisa pode estar errada, tendo em conta o filtro "jornalístico".

 

Uma das afirmações do estudo é: "Em Lisboa faltam ciclovias, que podem ser providenciadas «com algo tão simples como uma mudança na legislação que permita que as bicicletas possam partilhar a faixa do ‘bus’»."

 

Ora, a mim, que sou bicicleteira recente e, portanto, com pouca experiência, mas condutora há mais de 20 anos, esta frase do estudo dá-me para ter uma primeira reacção muito interessante.

 

Se eu andasse de bicicleta na cidade (e não ando), o sítio que eu mais evitaria seriam as faixas de BUS. É por onde circulam habitualmente os piores condutores. Os motoristas de autocarros, os taxistas e os chico-espertos.

 

Além disso, as faixas de BUS servem para que os transportes públicos (e os chico-espertos) possam andar mais rapidamente. Já estou a ver os autocarros a atascar atrás duma bicicleta, ou um taxista a fazer razias do tipo "chega para lá" a qualquer incauto que decidisse aproveitar uma eventual permissão para andar por ali, de bicicleta.

 

Adoraria poder usar a bicicleta para me locomover. A única coisa que me impede de o fazer não são as colinas, nem o trânsito. O que me impede de adoptar a bicicleta é uma coisa básica. Chama-se transpiração. Depois de pedalar os km que separam a minha casa do meu local de trabalho, eu, como qualquer ser humano normal, transpiro. Logo, cheiro mal. Logo, não me sinto bem enquanto não tomar um banho.

 

Qual é a proposta para resolver este problema?

Autoria e outros dados (tags, etc)



10 comentários

Sem imagem de perfil

De Snakk3 a 14.09.2008 às 16:13

Ando bastante de bicicleta, não só porque gosto muito mas também porque andar pé e á boleia são as únicas alternativas, pois ainda não tirei a carta x)

A transpiração é a minha pior inimiga, pois sofro de hiperhidrose no corpo todo +/- (Excepto mãos por exemplo) o que se torna complicado para andar até uns simples 500 metros sob uns meros 25ºC de temperatura.
é chato (porque detesto cheirar ao cavalinho) e por vezes constrangedor.
Existem várias maneiras/métodos de resolver isso: desde comprimidos, a estimulações eléctricas (nunca fiz nada disso) passando pelos verdadeiros ANTITRANSPIRANTES que se aplicam no local que se queira ver seco por mais tempo.

continuo a usar o meu desodorizante normal, pois ja experimentei alguns antitranspirantes (os normais de supermercados) e nao vi resultados nenhuns.
o meu conselho seria procura na farmácia (ja ouvi falar num perspirex) ou no estrangeiro (internet).

eu cá resolvi aceitar e contornar esta pequena condição social usando simplesmente roupas frescas e cheirando bem x) , porque na realidade todos transpiramos, e não tenho culpa de que as pessoas usem erradamente a expressão "transpirar que nem um porco", quando os porcos não deitam uma gota de suor =X


Sem imagem de perfil

De Fernando Vasconcelos a 14.09.2008 às 17:54

Andar de bicicleta nos corredores de Bus ? Devia ser lindo devia ... É que se fossem poucos já estou a ver o efeito ... Se fossem muitos então já estou a ver as buzinadelas ...
Só mesmo para quem nunca tentou andar de bicicleta numa cidade.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.09.2008 às 18:00

Pois, mas como o autor do estudo andou uma catrefada de tempo de bicicleta dentro da cidade, resta-me concluir que ou o Sol fez borrada (o que não seria estranho) ou ele andou por outra Lisboa.
Sem imagem de perfil

De Nuno Saraiva a 14.09.2008 às 20:56

Bem, a este respeito posso dizer que há uma solução perfeita, que provavelmente só as grandes empresas, com edifício próprio poderão facultar: Chuveiros.

Diz lá que não era perfeito poderes tomar um duche
ás 9 da matina antes de um dia de trabalho e depois de ter chegado de bicicleta (podendo ir com equipamento apropriado e levando a roupa).

Segundo publicitam a Y-Dreams tem chuveiros. E sei por experiência própria que maioria das BPs no mundo inteiro têm chuveiros, apesar de aparentemente ir contra o seu negócio a BP cuida muito dos seus empregados, e da sua condição física e mental.

Infelizmente eu morava a 33 Kms e vinha para a faculdade à noite, não me foi possível ir de bina enquanto lá estive. E a cultura dos portugueses (ainda) não vai para isso, mas muitos ingleses e sobretudo holandeses, quando estavam cá em Portugal, vinham de bicicleta do hotel para o escritório, onde no piso das garagens havia um chuveiro e iam trabalhar mais frescos e calmos do que qualquer outro individuo, suado e enervado do trânsito e dos transportes públicos.

Aqui fica a minha sugestão para fazeres ao chefe, espero que possa ser útil.
Imagem de perfil

De pedrocs a 14.09.2008 às 23:16

9 da matina? Chegar ao emprego às 9 da matina?

...isso existe?
Sem imagem de perfil

De Nuno Saraiva a 14.09.2008 às 23:19

Até mais cedo... Bancos, cafés e afins.
Imagem de perfil

De pedrocs a 15.09.2008 às 10:11

Tché!... agora sim, acredito em realidades alternativas. :-)
Imagem de perfil

De pedrocs a 14.09.2008 às 22:27

Torna-te programadora.

Assim pelo menos deixas de te preocupar com o teu cheiro a suor.

Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.09.2008 às 22:31

Esta vai direitinha para o IT Quotes :)
Imagem de perfil

De pedrocs a 14.09.2008 às 23:17

Ainda apanho uma tareia à conta desta incapacidade de me controlar...

Comentar post






Arquivo