Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Há 10 anos, por esta altura...

por jonasnuts, em 04.08.08

...eu já estava na sala de partos. Sozinha.

 

Quer dizer, sozinha não, estava eu e estavam as dores, que à hora adiantada que era não quiseram ir acordar  o anestesista. Grandes cabrões, que ainda hoje lhes rezo pela pele.

 

O puto nasceu às 3h25 da manhã, num parto simples, com algumas complicações finais que não vale a pena referir e que mais tarde resultaram em linguagem de carroceira quando o médico chegou para me coser (sim, só nessa altura é que chegou o médico).

 

Não soltei um ai durante a coisa propriamente dita, estava a reservar-me para quando o médico chegasse. Assim que ele chegou, foram-se as reservas. Chamei-lhe de tudo, por não ter estado lá quando tinha sido preciso. Disse-me que me a anestesiar para coser a episiotomia, mandei-o meter a anestesia no cu (mesmo).

 

Meia hora mais tarde, despachado o corte e costura, pedi para me darem o meu filho. Era importante que o amamentasse o mais rapidamente possível. Que não, que não mo podiam dar, por causa do período de tempo de segurança. Só mo foram buscar quando perceberam que eu ia mesmo levantar-me para o ir buscar, e depois do que eu tinha dito ao médico (com razão) acharam que era melhor darem-me o que eu queria.

 

Finalmente o meu filho vinha aí. Ia dizer-lhe as primeiras palavras.

Não tinha pensado em nenhum discurso, nem tinha ensaiado as palavras, pelo que o que saiu foi espontâneo. Lembro-me como se fosse hoje, as primeiras palavras que lhe dirigi:

 

"Olá filho, anda cá à dona"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



6 comentários

Sem imagem de perfil

De Rui Cruz a 04.08.2008 às 09:03

Parabéns.

E olha que "anda ca à dona" não é propriamente as "top words" para dizer a um filho.

:P


Rui
Imagem de perfil

De jonasnuts a 04.08.2008 às 09:07

Na altura eu tinha MUITOS cães.

A saber, o Vã, a Maria, o Pintas, a Tiny, a Quinha e a Guida.

Todos, à excepção da Guida, eram Grand Danois, portanto, digamos que eram espaçosos, e faziam notar a sua presença, pelo que era com frequência que eu dizia "anda cá à dona".

Eu acho o máximo. Vê-se logo que, pelo que me saiu da boca, eu já gostava muito do meu filho :)
Sem imagem de perfil

De João Silas a 04.08.2008 às 09:05

LOL! Estava a ver que não xD

Parabéns
Sem imagem de perfil

De inespera a 04.08.2008 às 16:45

Lolll

As minhas primeiras palavras foram:
"Eh pá, motas nunca, ouviste?"

Escusado será dizer que foi uma trabalheira pô-lo cá fora.
Sem imagem de perfil

De inespera a 04.08.2008 às 16:45

Lolll

As minhas primeiras palavras foram:
"Eh pá, motas nunca, ouviste?"

Escusado será dizer que foi uma trabalheira pô-lo cá fora.
Sem imagem de perfil

De Paula Silva a 04.08.2008 às 21:31

hahahahahahahaahhahahah com esta é que eu me fartei de rir

Comentar post






Arquivo