Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Crianças desaparecidas

por jonasnuts, em 20.05.08

Hoje estou na IIIª Conferência Europeia dedicada ao tema das Crianças Desaparecidas e Exploradas Sexualmente, este ano, com ênfase especial na Segurança na Internet. A organização é do Instituto de Apoio à Criança.

 

A decorrer no Novo Auditório da Assembleia da República, cá estou eu, chegada directamente da escola do meu filho onde o deixei a fazer a prova de aferição de matemática.

 

Este não é um tema fácil, para mim, e o auditório está compostinho. Na abertura da sessão discursou Manuela Eanes (que estava a falar quando cheguei), e ao seu lado o Procurador Geral da República. Interrogo-me, em silêncio, sobre o que pensará o Procurador sobre a incidência da conferência deste ano. Ênfase especial na segurança online. Tendo em conta que para este senhor os Blogs são uma corja (não sei se foi esta a palavra, mas foi este o teor), o que pensará ele sobre o online?

 

Não sei, mas sei que não é aqui que vai descobrir. Numa conferência onde se dá ênfase especial à Segurança Online, o meu computador está orgulhosamente só no auditório. Deve haver mais, porque eu vejo as malas, mas a funcionar, o meu é o único. Provavelmente porque aqui nã há acesso à Internet. Bem fiz uma busca à procura de redes wi-fi, mas aparentemente a Assembleia da República acha que não precisa de wi-fi no seu novo auditório. Essas modernices hão-de chegar mais tarde. Daqui a uns anos.

 

Pausa para coffe break, uma multidão de jornalistas rodeiam os intervenientes principais. Não sei de que falam, aposto que o nome Maddie está nas bocas do mundo. Cheira-me que se não fosse a Maddie, esta conferência seria menos participada. Muito menos participada. Mas também posso ser eu e o meu cinismo, pode ser que esteja enganada.

 

Muitos agentes da autoridade. Parece-me bem o interesse e a participação. Vamos ver no que vai dar o resto do dia.

 

Os trabalhos vão começar dentro de momentos, pode ser que agora que acabaram os discursos, se anime o debate, e se possa trabalhar a sério. Eu sei, eu sei, sou cínica, mas tenho este lado ingénuo, que persiste.

Autoria e outros dados (tags, etc)



2 comentários

Imagem de perfil

De Mamã Gansa a 28.05.2008 às 18:22

é uma pena a maddie ter desaparecido,mas é uma pena todas as crinças portuguesas que desapareceram e de quem os portegueses nem nunca souberam o nome, nem viram o rosto. è uma pena que os portugueses só pensem em agradr aos estrangeiros.Enfim..... Quanto a ignorância informática e tecnológica do snosso políticos reflecte toda a outra que leva o nosso país ao estado em que está.

beijinhos
Imagem de perfil

De raio a 13.12.2008 às 01:35

Conforme artigo que publiquei no meu Blogue (Trovoada Seca)
PROCURA-SE [Criança Desaparecida]

PROCURA-SE MARLISE

No passado dia 23 de Outubro desapareceu de sua casa na zona de Idanha no concelho de Sintra Marlise Mendes Tavares Semedo, uma criança de 14 anos.

Os pais e a irmã estão desesperados, não sabem a quem recorrer e apelam a quem encontre Marlise que contacte de imediato a policia ou que envie uma mensagem para este email: georginarobalo@gmail.com

Não contando com um “background” financeiro e publicitário que se assemelhe ao do casal McCann, a mãe de Marlise, Georgina Mendes Robalo, ao contrário dos pais de Maddie, só teve oportunidade de ver o seu caso relatado no programa da Fátima Lopes na SIC e no programa de Manuel Luís Goucha e da Júlia Pinheiro na TVI.

Já no que se refere às buscas policiais há a salientar que na esquadra dizem que não podem dar a cada polícia uma fotografia de Marlise para eles trazerem no bolso (no caso de Madeleine haviam até fotos espalhadas pelo chão) e que apesar de se ter apresentado queixa na esquadra de Massama logo que a criança desapareceu, só passados 15 dias é que foi enviada a comunicação para a Policia Judiciária.

***

Marlise is 14 years old and left home on October 23 in Idanha, Sintra area
The authorities were alerted but so far she has not been found.
The parents and her sister are desperate.
If you see her please contact the police or this email: georginarobalo@gmail.com
Thank you

***

Marlise de 14 ans est disparue de chez soi le 23 Octobre à Idanha
dans la région de Sintra.
Les autorités sont au courant mais jusqu'a maintenant on ne l'a pas trouvée
Les parents et sa sœur son désespérés.
Se vous la voyez contactez la police ou par courrier électronique:
georginarobalo@gmail.com
Merci

Comentar post






Arquivo