Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





subscrever feeds


Arquivo



Twitter

por jonasnuts, em 16.02.09

Acompanho o debate no prós e contras na televisão e no Twitter.

 

O Twiter é tão irc, tão irc, tão irc que eu estou à espera que apareça o Prince a fazer flood, ou um xico esperto com um ficheiro ascii.

 

Estou à espera que me ofereçam uma rosa e que me peçam op.

 

O mIRC é melhor cliente de Twitter do que qualquer outro que eu já tenha experimentado

 

 

Este post só será compreendido por quem tenha acedido à Internet há uns anos valentes.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Prós e contras

por jonasnuts, em 16.02.09

Por motivos que agora não interessam nada, mas que passam por obrigações profissionais, hoje tenho de ver o Prós e Contras.

 

 

Podia ter sido num dia em que se debatesse um tema acerca do qual eu tivesse dúvidas, mas não, tinha de ser um onde eu tenho tanta convicção na minha posição (para que conste, sou a favor de que deve casar quem quiser casar, e que deve adoptar quem tiver condições e desejo de o fazer, independentemente do sexo dos intervenientes).

 

Estou perdida, penso.

 

Mas começam as apresentações e eu digo "olá.....aquilo é a blogosfera, quer de um lado quer do outro". Não vou ver o Prós e Contras, vai ser como ver uma reposição do Barco do Amor. Não vai ali ser dito nada que eu já não tenha visto escrito nos Blogs por onde passo.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O complexo rititi

por jonasnuts, em 16.02.09

Há uns tempos, um link que o Abrupto fizesse para qualquer Blog, dava direito e garrafas de champagne, e noitadas de festança até altas horas. Mesmo os que diziam cobras e lagartos de Pacheco Pereira, mostravam indiferença, mas lá no fundo, lá no fundo, rejubilavam. Tenho a certeza. Porque para haver link, era sinal de que o senhor lá tinha ido, por uma vez, e lido o post, ou um bocado do Blog. E ser-se lido pelo Abrupto era uma espécie de promoção blogosférica (ainda é, menos, mas ainda é).

 

Ser  lida por alguém que respeito é sempre um tormento. Não preciso sequer de respeitar, basta que goste do que essa pessoa escreve.

 

Eu não escrevo particularmente bem, escrevo limpinho, há um ou dois posts mais inspirados, mas mais nada que isso. Não é falsa modéstia, é mesmo assim, há tanta, tanta, tanta gente a escrever melhor que eu, o que é bom sinal, significa que tenho mais para ler :) Mas escrevo rapidamente. Um post nunca demora mais de 5 minutos (vá, se tiver muitos links, um pouco mais). Mas às vezes pesa-me o destinatário, um dia, para escrever uma resposta simples ao Francisco José Viegas demorei mais de 1 hora, e era uma coisa de "ok, obrigada".

 

E esta prosa toda para quê?

 

Tive o meu momento "link do Abrupto" há bocadinho, quando recebi uma notificação "Rita Barata Silvério is now following you on Twitter!".

 

Opá, então e agora? É que afinal de contas, trata-se da ririti. E o meu Twitter é um bosta, o blog pouco mais que isso. Estão a ver? É um peso. É uma responsabilidade. É uma aflição.

 

Pronto, depois esbofeteei-me, fugi para a frente e escrevi este post. Ao menos assim fica avisada que, daqui, não conte levar grande prosa literária, que a malta é bem intencionada e tal, mas pouco mais que isso. Sou melhor leitora.

 

De qualquer forma, rititi, se passou por aqui, e se teve pachorra para ler até ao fim, aquela notificação fez o meu dia :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Revellion geek

por jonasnuts, em 13.02.09

Ouviram uma contagem decrescente em apoteótico êxtase? Os vossos vizinhos estão a bater tachos à janela? Ouviram saltar rolhas de champagne?

 

Não, não é o ano novo chinês.

 

Não se preocupem, os vosso vizinhos são inofensivos. Mas também são geeks.

 

Há mais de 35 anos, uns geeks decidiram começar a contar o tempo em segundos, e há momentos viveu-se o segundo 1234567890 da era geek.

 

Não se assustem. Eles têm aquele aspecto, mas são boas pessoas e podem sempre cravar-lhes favores tecnológicos, como desencravar a torradeira, ou pôr pilhas na escova de dentes eléctrica.

 

O próximo momento geek deverá ocorrer daqui a 31 anos, quando o relógio marcar 2222222222.

 

Fica aqui o relógio para quem quiser cá passar nessa altura:

 

 

 



Visto

aqui

e

aqui

.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Os pequenos tiranos

por jonasnuts, em 13.02.09

Há muitas coisas que me irritam (basta olhar para a tag com maior expressão na coluna à direita) mas na realidade são muito poucas as coisas que me tiram do sério, à séria. A injustiça e o sentimento de impotência face a uma situação são duas das coisas que me tiram do sério. Mas aquela que hoje me leva a escrever é outra, é aquela prepotência arrogante do pequeno tirano quando abusa do seu pequeno poder, para se sentir superior.

 

Sabem? Aquele administrador do prédio que usa o seu pequeno poder em benefício próprio, ou o exibicionista que abre a gabardine apenas a crianças da primária, ou aqueloutro que  se apresenta como familiar/amigo do administrador/patrão, para pressionar um funcionário a fazer determinado favor. Já me aconteceu por mais do que uma vez "veja lá se não pode fazer isso, porque sabe, por acaso, eu até sou visita da casa do Dr "nome de administrador importante" e até podia ligar-lhe directamente". Mesmo que eu tenha alguma vontade de satisfazer o pedido, uma tirada deste tipo garante imediatamente que a vontade se extinga naquele preciso momento. Normalmente ofereço-me para passar a chamada ao "administrador importante" e a coisa termina ali.

 

Odeio tiraninhos, pequeníssimos donos de pequenos poderes, aos quais conseguem, mesmo assim, espremer um abuso.

 

São pequenos tiranos porque têm pequenos poderes. Se fossem realmente poderosos, seriam  tiranos grandes. O tamanho do intelecto, esse, continuaria microscópico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eufemismos

por jonasnuts, em 13.02.09

Chateiam-me os eufemismos. E quem diz eufemismos diz todas as palavras que sirvam para pretensamente suavizar efeitos. É isso e diminutivos.

 

Não é esposa, é mulher. Não se falece, morre-se. Não é um tumor, é um cancro. Não é aflito, é à rasca. Não é fazer amor, é sexo. Não é um alfinete de peito, é um broche.

 

E sobretudo, não digam porra, se o que querem soltar é um grande foda-se!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Confissões

por jonasnuts, em 11.02.09

No carro a caminho de casa falamos sobre o dia, e de como correu, e o que é que aconteceu. É uma tradição antiga, em que eu pratico para dentista, na medida em que preciso de lhe arrancar qualquer informação que passe para além do "correu bem, trabalhei, brinquei, comi e já está".

 

Ultimamente tenho puxado mais por ele, e hoje referiu a aula de educação religiosa que acontece uma vez por semana. A coisa é pacífica e respeitadora de todos os credos e posicionamentos e há espaço para dúvidas e para a diferença.

 

Hoje um professor esclareceu as dúvidas dos alunos. E tu filho, o que é que perguntaste? Eu? Nada. Eu não tenho dúvidas. Mau! Mais um bocadinho está a dizer que não se engana, e que quer ir fazer a rodagem ao carro.

 

Então o que é que perguntaram os outros meninos? Houve um colega que fez perguntas sobre a confissão. Muito bem, e tu sabes o que é a confissão? Agora que penso nisso, não.

 

Lá lhe expliquei a história da confissão, o mais simplesmente que consegui, tentando não lhe passar a veemência da minha opinião acerca da confissão.

 

No fim, perguntei-lhe se tinha percebido e ele respondeu que sim. Menos mal.

 

E tu filho, querias confessar-te?

Eu? Para quê? Não há nada de que me arrependa!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Deve haver pessoal a ressacar

por jonasnuts, em 11.02.09

Autoria e outros dados (tags, etc)

Como é que se diz Hi5 em português?

por jonasnuts, em 10.02.09

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O que os pivots fazem em off

por jonasnuts, em 09.02.09

Umas combinam entregas personalizadas de Hamburguers via Twitter, outros vão ainda mais além:

 

 

 

Vídeo via 5 dias

Autoria e outros dados (tags, etc)






subscrever feeds


Arquivo