Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jonasnuts

Great Wall of Chine

UPDATE: Até pode ser que o vosso site esteja bloqueado, para quem o visita a partir da China, mas não é através do site que abaixo indico que o vão descobrir. Depois de algumas experiências e de alguns comentários, especialmente o da Ana, cheguei à conclusão de que afinal o meu Blog (bem como outros blogs alojados no SAPO) conseguem ser vistos perfeitamente. Portanto, este post já não faz sentido, eu é que tenho manias, e não gosto de apagar posts.

----------------------------------------------------------------------

Em tempos tive aqui no Blog uns anúncios do Google. Não estava à espera que desse dinheiro, era uma mera experiência.

Quando o Google avançou para o mercado chinês, pondo de lado o seu lema "do good", ou, pelo menos fechando aos "good" que os outros deixam de fazer, retirei de imediato os anúncios Google do meu Blog, e deixei de usar qualquer serviço que lhes pudesse dar directamente dinheiro, e fiz um post acerca do assunto.

Será eventualmente por causa desse post que o meu Blog, sim, este inofensivo Blog, está bloqueado censurado, e não pode ser visto por quem quer que queira vê-lo a partir da China.




E o vosso? Descubram, aqui.

UPDATE: Se querem descobrir se o vosso blog se consegue ver a partir da China, a melhor opção é visitar a China ou perguntar a alguém que lá esteja :)








Praxes

Isto foi algo que sempre me suscitou alguma curiosidade.

Como é que serão as praxes, numa universidade para a terceira idade?

Tentarão provocar ataques cardíacos aos caloiros?
Ou põem-nos a comer Mcdonalds para lhes dar cabo das análises mensais ao colesterol?

Meterão algálias, arrastadeiras e afins?

Alguém me esclarece?

Damien Rice

Eu já conhecia a música, vagamente. Já a tinha ouvido e tinha-lhe perdido o rasto.
No fim-de-semana, no carro, passou na rádio. Fixei parte da letra. Ele tratou do resto.
(Por resto entenda-se, perguntar-me o bocado da letra, encontrar o caramelo, comprar o álbum, colocá-lo no meu iPod e pelo caminho resolver um problema que este tinha, no acesso ao disco).

Esta é uma música lamechas. O caramelo é irlandês. Não sei quem é a Blower's Daughter,  nem de quem mais é ela filha, nem onde é que a mãe  assopra.

Só sei que há músicas que me fazem revisitar a ideia de aprender a tocar viola. E esta é uma delas.

Mudam-se os tempos mudam-se as necessidades

Sempre me fez confusão este tipo de sinalização vertical. Quer dizer, sabia para que é que serviam, para identificar, mesmo que grosseiramente, a intensidade e orientação do vento.

O que me fazia confusão era a utilidade de tal informação.

Agora, que tenho um Smart, já percebo.

É para saber para qual das faixas é que vou, inadvertida e inexoravelmente ser empurrada.

(Já agora, chamam-se mangas de vento)

Notícia do dia - hacker à solta em Lisboa.

A notícia do dia foi divertida. Uma das suas versões pode ser lida aqui.

Aparentemente um "hacker" andou por Lisboa a testar a (falta de) segurança das redes wirelss que por aí há.

Nada que qualquer pessoa desta área não soubesse já, mas aparentemente é mais verdade quando é um estrangeiro a dizê-lo.

De tudo, o que me ficou foi a palavra "hacker".

Senhores, aprendam comigo que eu não duro sempre:

Qualquer hacker que diga que é hacker, não é hacker porra nenhuma.

Oprah

Bom.
Vamos por partes.
Eu gosto de ver a Oprah. A maior parte das vezes, pelo menos. Aqueles programas mais sensacionalistas e a apelar  à moralidade bacoca, dispenso. Mas genericamente gosto. Só há uma coisa que me irrita, e que acontece em TODOS os programas.

Porque é que aquele mulherio tem de berrar como se estivessem num galinheiro?

São pagas ao decibel?

Anti-Produtividade DGV

Na minha to-do list para hoje (aliás para todos os dias do mês passado, mas não tive tempo) estava a recolha da minha carta de condução nova, na DGV.

A 2ª via foi pedido há quase 2 meses, na Loja do Cidadão, nos Restauradores. Ora isto da Loja do Cidadão é muito giro e tal, mas pelo menos para 2ª via da carta de condução não funciona. Porque podemos pedir a 2ª via ali, mas para que possamos circular, temos de ir à DGV, para que carimbem a via. Pois claro, ando com a via por carimbar há 2 meses :)

Era hoje (reparem no tempo verbal).

Cheguei, por volta das 12h30.
Retirei e senha.

408. Ok. Pode ser mau, pode ser bom. Esta não é uma daquelas senhas onde nos diz o tempo previsto de espera. E percebe-se porquê.

Vamos lá olhar para o outro quadro, para ver em que número é que vai.







Portanto. Tenho a senha 408, mas aquilo ainda vai no 283. E nem sequer tirei a foto assim que lá cheguei, ainda demorei uns minutos a recompor-me do choque.




Depois de sacar do telemóvel, e em plena sala de espera fotografar quer a senha quer o placard (com toda a gente a olhar para o que eu fazia ao segundo flash), fiz um telefonema, dei meia volta e saí.

Sim, ainda ando sem nova carta, e sem guia carimbada.

Temos pena. Temos mais que fazer do que passar 3 horas na Direcção Geral de Viação.

Produtividade

Por razões que me ultrapassam, há dias em que ando feita uma barata tonta, de um lado para o outro, de Herodes para Pilatos, para cima e para baixo. Reuniões, apresentações, mini-reuniões, briefings, formações e outras que tais. E chego ao fim do dia , espremo, e sai menos que nada.

São desgastantes e frustrantes esses dias.

Por outro lado, há aqueles dias em que, fazendo exactamente o mesmo que nos anteriores (portanto, as estopinhas na mesma), chego ao fim, e quando espremo, e até saiu qualquer coisa. Muita coisa.

Hoje foi um desses dias. Cansativo, desgastante, mas produtivo.

Não posso falar acerca da maior parte das coisas que fiz (e que o resto da equipa fez, já agora), pelo menos ainda não. Mas durante a próxima semana, alguns desses esforços vão ver a luz do dia. Foi uma semana de 4 dias pouco produtivos, e 1 dia que valeu por 3 ou 4 semanas.

Se fossem todos os dias assim, era excelente.

E ainda deu para cumprir a tradição de ir à Feira do livro, no dia da Criança, comprar livros com os putos. A diferença nesta tradição, é que agora sou eu que os pago :)

Pág. 2/2

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D