Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



O português é bipolar

por jonasnuts, em 18.04.08
Antes de mais, o disclaimer. Eu sei que as generalizações são redutoras e perigosas.

Este post nasce de um outro post que aqui coloquei há bocado, e que privatizei pouco depois.
Trata-se de um vídeo de uma brincadeira, filmada aqui no SAPO, durante a manhã de hoje.

O vídeo mostrava um combate violento de luta greco-romana entre o Celso e um rato (rato de computador, entenda-se), mas sem a parte dos fatos típicos daquele desporto, o que é pena. O rato esteve por momentos em vantagem, mas o Celso acaba por levar a melhor.

Coloquei o vídeo, porque, de facto, tinha imensa piada, e eu ri-me à gargalhada, e queria partilhar a boa disposição. Achei que toda a gente entenderia que se tratava de uma brincadeira. Tenho visto imensos vídeos de brincadeiras feitas noutras empresas, estrangeiras, e achei normal que, numa empresa jovem e divertida como é o SAPO, houvesse o mesmo tipo de brincadeiras que pudessem ser partilhadas com pessoas fora da empresa.

Aparentemente enganei-me. Os dois comentários que surgiram foram de pessoas que claramente não perceberam a brincadeira. Não sei se o facto de eu ter privatizado o post significa falta de fé nos outros que pudessem vir a ver o vídeo, mas paciência. Não era eu que estava no vídeo. Se fosse eu, o vídeo ainda aqui estava.

E aqui vamos à vaca fria. Ouço constantemente queixas de que as empresas portuguesas são cinzentas, pouco humanizadas, pouco divertidas e optam por uma comunicação demasiado formal. Trabalhando onde trabalho, ouço estas críticas com mais frequência ainda. Mas os portugueses têm dois pesos e duas medidas, que resulta de uma baixíssima auto-estima, e de um complexo qualquer de inferioridade face ao que "vem lá de fora".

Um vídeo de um gajo que trabalha no Gogle a dar um traque é um sucesso absoluto no Youtube. E toda a gente fala do vídeo, e ahhh que giro, os gajos dos Google dão uns traques muito bem dados. Os mesmos gajos são capazes de olhar para um vídeo semelhante, mas feito em Portugal e dizer "que traque de merda", sem que o "merda" se refira a substâncias adicionais expelidas em simultâneo com o traque.

Porquê senhores? Porquê continuar e persistir nessa ideia de que "o que vem lá de fora" é sempre bom, e que o se faz cá dentro é uma merda?

Porque é que o crédito de boa vontade, de humor e de inteligência é sempre maior se se tratar de algo estrangeiro?

Como dizia ele há bocado, o que é português é mau, até prova em contrário, e o que vem de fora é excelente, mesmo que dê provas de ser uma merda.


Que coisa mais pobrezinha mora longe!

Autoria e outros dados (tags, etc)



22 comentários

Sem imagem de perfil

De Mário a 18.04.2008 às 15:24


Lip Dub - Flagpole Sitta by Harvey Danger (http://www.vimeo.com/173714/l:embed_173714) from amandalynferri (http://www.vimeo.com/amandalynferri/l:embed_173714) on Vimeo (http://vimeo.com/l:embed_173714).

A equipa que está por detrás do site Vimeo (e de outros) fez este video fabuloso. Sim, em Portugal é muito difícil brincar sem que venham logo uns desmancha-prazeres aborrecer e mostrar que são uns infelizes.

Se não funcionar o "embeb" aqui, fica a seguir o url:

http://www.vimeo.com/173714
Sem imagem de perfil

De Carlos Jorge Andrade a 18.04.2008 às 15:31

"Se fosse eu, o vídeo ainda aqui estava."

1) Este blog não era pessoal e de forma algum conotado com a empresa ?
2) Foste censurada ? E pior, cedes-te. :p

ps: Sim, é um comentário provocatório :-)
ps2: A minha opnião... sim, o vídeo é engraçado, mas sem conhecer o contexto é muito "politicamente incorrecto".
Imagem de perfil

De jonasnuts a 18.04.2008 às 15:59

Não fui censurada. Ninguém me pediu para tirar o vídeo.

Se o vídeo mostrasse a minha pessoa em luta com o rato, teria ficado.

Não sendo eu a protagonista do vídeo, não quero expor terceiros a comentários idiotas, no meu Blog. Se o Celso quiser, pode usar o seu Blog pessoal.

Politicamente incorrecto...... certo. Por isso é que eu gosto de ver Jon Stewart, e Conan O'Brien, Stephen Colbert. O politicamente correcto faz-me comichão.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.04.2008 às 16:05

Pronto...politicamente incorrecto é bom. Que tal Empresarialmente incorrecto?
Imagem de perfil

De jonasnuts a 18.04.2008 às 21:11

Porquê empresarialmente incorrecto?

As pessoas têm de ser cinzentonas no seu aproach à concorrência quando se trata de uma brincadeira?

Toda a gente acha imensa piada às frases que são escritas no famoso quadro do Google, em que algumas têm ditos mais agressivos à sua concorrência. Qual é o problema?
Sem imagem de perfil

De Tomas P a 18.04.2008 às 23:45

A publicidade comparativa MAC vs PC não é ofensiva, porque é bom humor.

Se eu visse alguém da concorrência a limpar o cu com o sapo ou aos pontapés a um rato SAPO sem motivo aparente, julgo que não iamos rir, nem achar piada.

Se fizessem humor ou sátira com muitos dos nossos defeitos tenho a certeza que eramos dos primeiros a rir.

O video tem piada porque é quem é, na situação que é, e dadas as circunstâncias.

Quem não o conhece vê apenas alguém a destruir um rato e não verá graça particular.

E para mim um video feito lá fora de um traque de um gajo do google não tem puto de piada ... mas já um video nacional de um traque de alguém do sapo acho que poderia ter algum sucesso :) Fica aqui o desafio :-)



Imagem de perfil

De jonasnuts a 19.04.2008 às 01:35

Ok, eu levo a câmara na segunda-feira.
Onde é que queres ser filmado?
Sem imagem de perfil

De Tomas P a 19.04.2008 às 12:12

levas a câmara? E o telemóvel? Ou tb já tens um iphone? :)

Leva também uma feijoada para dar inspiração e fazemos um dueto.

Imagem de perfil

De pedrocs a 18.04.2008 às 16:30

Não é "cedes-te", é "cedeste".

Just sayin'...
Sem imagem de perfil

De Tomás P a 18.04.2008 às 15:59

Acho que estás a misturar duas coisas.

A primeira é a questão do video.
1. O video é engraçado e é politicamente incorrecto (como diz o post aqui abaixo). Mas se os visados não se importarem, Celso + funcionário da TMN... feel free. O que pode acontecer é isso mesmo que dizes, os tais da má-fé que falas podem bem não entender a brincadeira e aproveitar o video para ...praticar a má-fé :)

2. A segunda parte que começa em Vaca Fria. 200% de acordo.
Imagem de perfil

De Pedro Chichorro a 18.04.2008 às 16:02

tu ja estavas a escrever este post antes dos comentarios!!! porque era claro que ias receber comentários desses!!!!
manipuladora :p
Imagem de perfil

De pedrocs a 18.04.2008 às 16:29

O vídeo está no sapo vídeos e é público. Porquê retirá-lo do teu blog? Essa reacção também não me parece fazer sentido.

Se embebesses um vídeo de um gajo do Google a limpar o cú ao logo da Microsoft não o deixavas ficar, independentemente dos comentários que surgissem?
Imagem de perfil

De jonasnuts a 18.04.2008 às 21:13

Um gajo que eu não conheço de lado nenhum? Sim, provavelmente deixava.

Não queria era ter que justificar perante comentários cinzentos uma brincadeira de uma pessoa que conheço e cuja atitude típica não é propriamente aquela (daí a piada, claro).
Imagem de perfil

De pedrocs a 19.04.2008 às 13:52

Então e a velha história dos cães e da caravana?
Sem imagem de perfil

De Crisálida a 18.04.2008 às 16:36

Ah, não... Não deu tempo de ver... :-(

E o Celso, o que achou dos comentários? Sentiu-se ofendido com a tua atitude de colocar o vídeo? Se não, então não vejo porque tê-lo tirado, por causa de 2 pessoas que deviam estar de mal-humor, se o protagonista não achou ruim...
Se ele achou, aí sim, concordo em tê-lo tirado.

Beijo :-)
Sem imagem de perfil

De Pedro Cardoso a 18.04.2008 às 17:17

Sempre achei que esta atitude das pessoas de denigrir o que é português e bajular o que é estrangeiro é de pessoas que não conhecem o estrangeiro.

Porque quem conhece sabe que não somos nem melhores nem piores que os outros.

Infelizmente só no futebol é que nos achamos acima de todos...
Sem imagem de perfil

De Jorge Tavares a 19.04.2008 às 13:48

Viva,

Concordo em absoluto! Podemos ter muitos defeitos mas os outros também os têm. E Portugal em algumas coisas até está bem melhor do que lá fora. O que não invalida que noutros aspectos ainda tem muito que aprender...



Sem imagem de perfil

De Phil a 18.04.2008 às 17:35

Mesmo em relação ao que nos chega de fora...não será líquido que o português considere "muito bom"...mesmo nesse caso, existem dois pesos e duas medidas...e um bom exemplo disso, foi o teu post hoje sobre a postura dos media e os blogs...

O "Público" pegou no que "vinha de fora" como devia pegar...os restantes pegam como acham que têm que pegar, considerando os hábitos conservadores que proliferam pelas empresas nacionais..."temos que ter...mas..." ou "era interessante implementar esta solução, mas..." e o "mas" é sempre o "toque tuga" que acabar por deitar por terras boas ideias...

Em Portugal, critica-se o vídeo da empresa XPTO, que poderá retratar um momento de boa disposição, mas aceita-se as manadas de funcionários públicos a tomar café e às compras durante o horário de trabalho...isso sim, é normal e recomenda-se....enfim...

Por mim, deixavas o vídeo público...até pela tomada de posição...mas claro...isto sou eu...que estou de fora...
Sem imagem de perfil

De João Lúcio a 19.04.2008 às 20:04

Sim, tudo o que é Google é do melhor que há. O email pode ter o interface mais horroroso, mas é Google. Na ML do Aniceto há dezenas (talvez mais) de pessoas que vêem as suas ML serem atiradas para a pasta de spam porque o spam do Gmail não é pessoal, mas global. Alguns caramelos dizem que algo é spam e passa a ser spam para todos. Mas é Google... Google Videos é lançado e toda a gente bate palmas. Google compra YouTube... toda a gente bate palmas. Google anuncia Office online e toda a gente bate palmas. Google anuncia SO para telemóveis e toda a gente bate palmas. É Google, é bom. O GoogleTalk é outro excelente exemplo. O mesmo com a descontracção nos escritórios do Google. Já se for cá, "não fazem um boi". E acredito que o SAPO/PT sofram mais por isso, porque são uma empresa "estatal", porque "devem" ser cinzentos, mas sobretudo porque andaram a chular os portugueses durante muito tempo, continuando mesmo a chular em algumas coisas.

Na verdade, há algo que me irrita profundamente no SAPO (se calhar já mudou; não estive para ir testar) e que o Google faz melhor que ninguém. É que para subscrever um serviço do SAPO obrigam-em a ter um email do SAPO. Não sou cliente ADSL, logo não tenho email do SAPO, nem quero ter um email do SAPO. Nem vou criar um só para subscrever um serviço que arranjo, facilmente, noutro lado. Pode ser que já tenham mudado esta política.

Dito isto, até gostava de ver o vídeo! :)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 19.04.2008 às 20:36

Ainda não, sendo que a palavra chave aqui é o ainda :)

E um endereço de mail para que possa enviar um link? :)
Sem imagem de perfil

De Fernando Vasconcelos a 20.04.2008 às 00:32

É mesmo uma questão cultural como diz. Mas repare que é mesmo genuína, isto é não é apenas uma desculpa. A nossa cultura empresarial não é informal. Essencialmente porque necessita do formalismo para parecer séria.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 20.04.2008 às 00:35

A verdade e que isso nunca me tinha ocorrido.

Mas agora, parece tão óbvio e evidente :)

Comentar post






Arquivo