Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Da partilha

por jonasnuts, em 17.04.08
Sim Bruno, concordo contigo. Partilhar é acrescentar. Partilhar é permitir que uma ideia se desenvolva e cresça. Ao partilharmos ideias, estamos a dar-lhes potencial de voo.

Mas, já cá ando há uns anos. Existe um timing ideal para partilhar uma ideia. Quando ela já está suficientemente madura para poder ser lançada, ou implementada rapidamente, mas ainda está suficientemente verde para poder incluir eventuais inputs que ocorram da partilha.

Já me aconteceu partilhar ideias cedo demais e vê-las roubadas, indecente e indecorosamente, e já me aconteceu partilhá-las tarde de mais, tendo o input recebido sido implementado, mas com dificuldade.

Adoro a experiência de partilha.

Mas odeio ser roubada.

Autoria e outros dados (tags, etc)



3 comentários

Sem imagem de perfil

De David Rodrigues a 18.04.2008 às 00:10

O roubo de ideias infelizmente é uma prática cada vez mais comum, mas eu defendo que o facto de haver ladrões não deve por si só condicionar a altura da minha partilha de ideias. Já me aconteceu e invariavelmente verifiquei que as ideias foram mal implementadas e vingança das vinganças acabei eu por ter que mostrar aos ditos ladrões os erros das suas implementações.

Para além do mais há sempre a possibilidade de que a ideia tenha sido roubada porque quem a partilhou não soube escolhe a quem a partilhar e aí o problema é da nossa incapacidade de avaliar pessoas e não do mérito da altura da partilha da ideia que vale por si. O grande desafio está em saber avaliar os parceiros para nos ouvir.

Eu adoro partilhar ideias,

Odeio é enganar-me em relação às pessoas...
Imagem de perfil

De pedrocs a 18.04.2008 às 10:29

E por muito que eu te roa os calcanhares, não aprendes a escrever "timing". :-)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 18.04.2008 às 10:35

A culpa é tua.

Sempre (mas sempre mesmo) que escrevo a palavra timing, heisto. Peraí, como é que o Macaco diz que é? Bom, deve ser ao contrário do que eu escreveria, portanto deixa lá pôr mais um m :)

Já me aconteceu hesitar tanto, que optei por colocar "sentido de oportunidade" em substituição :)

Não é bom, saber do impacto que tens, na vida das pessoas? :)

(já está corrigido, claro.)

Também podia ter dito que era para ver se cá vinhas, e se lias mesmo as patacoadas que escrevo neste estami...... blog. (estás a ver? pensei em ti mais uma vez).

Comentar post






Arquivo