Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Blogs de empresas

por jonasnuts, em 10.04.08
Depois da conversa desta tarde e, principalmente, depois da conversa depois de chegar a casa, cheguei a uma conclusão, sobre os Blogs de empresas.

Não há Blogs de empresas. Por trás de um Blog, há sempre uma pessoa, ou um grupo de pessoas. E não me venham falar do Blog do Jonathan Schwartz o CEO da SUN, porque o Blog não é da Sun, é do Jonathan, que por acaso é o CEO da Sun, e que fala na primeira pessoa. A SUN disponibiliza uma plataforma, e incentiva os seus colaboradores a produzirem conteúdos para os seus Blogs. Não há ali um único Blog de empresa. Há um conjunto de Blogs, de colaboradores de uma empresa, aos quais é dada visbilidade, na homepage do site da Sun.

E o caso do Robert Scoble também é, desde o início, um Blog de uma pessoa que, por acaso, quando inicia o Blog, trabalha na Microsoft.

Portanto, as empresas, em abstracto, não podem ter um Blog. Podem e sobretudo devem, estar atentas ao que se diz nos Blogs, e responder. E aqui coloca-se a questão principal. Responder como, onde, quem? Se a resposta não tiver um nome, uma identificação, uma pessoa por trás, e se se tratar de uma resposta assinada pela "equipa de apoio a cliente" ou pelo departamento de marketing" tem pouca ou nenhuma eficácia. Em alguns casos pode mesmo ser contraproducente.

E estamos assim em terrenos pantanosos. Blogs pessoais, de colaboradores das empresas que dão voz às empresas? Qual é a empresa que quer colocar nas mãos dos seus colaboradores a responsabilidade de comunicar, em nome da empresa, na Blogosfera?

Principalmente se for uma empresa muito grande, está lixada. Com f de cama.

E assim sem querer, respondo a uma pergunta que eu própria coloquei aqui, há uns tempos. Quanto vale uma camisola vestida? Neste caso, vale muito.

É porque é destes colaboradores, de camisola vestida, que as empresas precisam, se querem entrar como deve ser, na Blogosfera. Sem subterfúgios, sem graxa, sem papas na língua se for caso disso. E com liberdade para o fazerem.

Essa é a verdadeira questão. Como é que as empresas promovem os Blogs enquanto ferramenta de comunicação, e potenciam a utilização desta nova forma de comunicação com os seus clientes e potenciais clientes, abrindo mão dos velhos hábitos de comunicação centralizada?

Simples. Só têm de comunicar bem, dentro de portas. Manter os colaboradores satisfeitos e motivados. E reconhecer o valor acrescido que esses colaboradores representam para a empresa.

Pois.... afinal não é simples.

Autoria e outros dados (tags, etc)



11 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos Jorge Andrade a 11.04.2008 às 00:52

Portanto, as empresas, em abstracto, não podem ter um Blog.

Claro que as *empresas* podem ter um blog. Existem n casos em que são *as empresas* que tem blogs. Olha a YDreams, olha o Google etc. Sim, não é a *empresa* que fala, são pessoas, mas o blog não é de todo pessoal nem escrito sempre pela mesma pessoa como nos casos que referes e bem.

Agora que há empresas com blogs, claro que há... pode não ser o Dep. de Marketing que os escreve mas "incita" os colaboradores a escreverem um textozinho naquela semana sobre aquele projecto ou lançamento (ou eles se oferecem) e lhes dizem para assinarem por baixo para soar mais pessoal. Olha para o Google por exemplo.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 11.04.2008 às 01:04

Se a coisa for bem feita, o que tu chamas o Departamento de Marketing incita, eu chamo a empresa comunicar bem, para dentro.

Este meu Blog é pessoal, mas eu falo aqui de alguns projectos do SAPO. Achas que alguém me incita a alguma coisa? :)
Sem imagem de perfil

De Carlos Jorge Andrade a 11.04.2008 às 01:50

Isto não é o blog de uma empresa. É o *teu* blog. Só *tu* escreves aqui. Se eu ou tu promovermos os serviços da empresa onde trabalhamos fixe, a empresa agradece, mas também podemos dizer mal, coisa que a empresa não faria.

O que eu digo são os blogs das empresas, onde a máquina de comunicação usa um blog para comunicar. Ou achas que que no blog da YDreams, Google ou mesmo do Blogger ou Flickr (se os considerares uma empresa) os textos não passam no crivo da comunicação/marketing. Eles fazem é a coisa muito bem, uma vez é o geek de serviço que fala de uma nova funcionalidade, outra é o gestor de produto que fala de um serviço novo... mas no blog da empresa*. É a empresa a comunicar. Se eles depois tiverem blogs pessoais onde falam disso, melhor ainda. É só isso que digo... as empresa têm blogs, por mais "disfarçados em coisa espontânea" que sejam.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 11.04.2008 às 10:01

O geek de serviço. Uma pessoa. E não me parece que haja grandes interferências directas de qualquer aparelho de marketing. Desde que quem tem a responsabilidade de escrever esteja bem brifado, tenha algum senso comum, e goste muito daquilo que faz, a coisa acaba por acontecer, e até é genuína.
Sem imagem de perfil

De Artur Azevedo a 11.04.2008 às 01:25

Fiz 900 km para assistir às "conversas" e não me arrependi, mas acho que faltou um pouco de sal e pimenta. Não achas?

Ninguém falou, por exemplo, da estratégia de algumas empresas em "comprar" opinião de bloggers e mesmo da forma errada como algumas empresas lidam com os blogues.

No essencial concordo com este teu post ainda que, eu considere que, este tipo de plataforma também seja excelente para criar comunidade à volta de um tema sem necessariamente ser escrito de forma totalmente pessoal. Um blog para a empresa pode mostrar o seu lado "humano", desinteressado e apaixonado com que ela comunga de interesses com os seus clientes e colaboradores.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 11.04.2008 às 09:56

Olá.

Sim, faltou um pouco de sal. Ao almoço, menos constrangidos pela audiência e pelo tema, a conversa foi mais animada.

Há um blog que eu conheço que mostra o lado humano, e que comunga de interesses com a comunidade de utilizadores que se construiu à sua volta. É o Blog Oficial dos Blogs (http://blogs.blogs.sapo.pt). É o Bog de uma empresa? Não. É o Blog de um projecto, de uma empresa, feito num tom altamente pessoal.

Quanto à estratégia de algumas empresas de "comprar" posts, os casos são tão pontuais e tão risíveis, por serem mal feitos e havia ali tantas pessoas que desconhecem o actual estado da nação, que se tratava de um tema demasiado específico para ser debatido ali.
Sem imagem de perfil

De Fernando Vasconcelos a 11.04.2008 às 01:45

Lá está tem toda a razão. Uma das coisas que os meios electrónicos vieram fazer é que o controlo de informação e de comunicação é muito difícil e se quisermos realmente aproveitar alguns meios impossível. Blogs por exemplo. cada colaborador como diz tem de falar com a sua voz real.

Recomendo-lhe e a todos os leitores deste blog que ainda não conheçam, aos que conhecem as minhas desculpas por estar a rezar a missa ao padre, a leitura do Clue Train Manifesto.
Sem imagem de perfil

De HugoNS a 11.04.2008 às 09:25

Infelizmente por motivos de força maior não pude estar presente nas Conversas Unicer, pelo que não sei o que foi abordado. Porém tenho que discordar de ti e concordar com o Carlos. Se um por um lado tens razão em não considerar o blogue do Jonathan Schwartz ou do Robert Scoble, como blogs de empresa, existem muitos casos em que os blogues são efectivamente das empresas, escritos por pessoas reais e não pelo dep. de mkt ou de comunicação. Um dos melhores exemplos é o blog da 37 signals (http://www.37signals.com/svn/), onde várias pessoas da empresa publicam artigos. Em Portugal, para além dos exemplos dados pelo Carlos, por exemplo, o blogue da Active Media, no meu entender é um blog da agência e não desta ou daquela pessoa, as quais podem ou não ter blogues pessoais.
Mas nos dias de hoje, falar só do papel dos blogues nas empresas, é esquecer que estes são apenas um dos vários media sociais que ganham cada vez mais peso na web actual, pelo que as empresas, no meu ponto de vista, tem de se preocupar (no bom sentido) com aproveitar as potencialidades dos vários meios sociais e não apenas com os blogues.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 11.04.2008 às 10:04

O Vídeo quase completo vai estar disponível algures durante o dia de hoje.

Em Portugal estamos ainda muito longe de haver no tecido empresarial quem olhe para os novos média como um potencial de comunicação. Ou não olham, ou olham com desconfiança.
Sem imagem de perfil

De Ricardo a 11.04.2008 às 09:36

Um exemplo de um blog feito dentro da estrutura de uma grande empresa:

http://www.eds.com/sites/cs/blogs/eds%5Fnext%5Fbig%5Fthing%5Fblog/
Sem imagem de perfil

De Jorge Oliveira a 11.04.2008 às 15:05

Olá,

Só para responder a parte do teu post, a Active Media tem um blog aberto a todos os colaboradores e público para o mundo.

Se acabam por escrever quase sempre os mesmos, isso é outra história. :-)

Até breve,
Jorge Oliveira - blog.activemedia.pt

Comentar post






Arquivo