Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

A minha cara

Em conversa de café nos corredores do SAPO durante a tarde, encontrei uma pessoa que lê este Blog, sim, há quem leia isto :)

Dizia-me este parceiro de trabalho que gosta de aqui vir, entre outras razões, porque do que me conhece, acha que eu sou aqui exactamente como sou "lá fora".

Não é inteiramente verdade. Embora eu reconheça que o estilo é semelhante e, a forma como escrevo tem muita oralidade (alguém disse isto noutro dia), a verdade é que me contenho aqui, como não me contenho na maioria das situações, lá fora.

Quem me conhece, e principalmente os meus parceiros de equipa sabem que digo habitualmente muitos palavrões, como forma de manifestar agrado e desagrado. Também faço muitas críticas. Fico furibunda, e às vezes atiro com coisas. Além disso, na oralidade, há mais espaço para trocadilhos, pelo menos para mim. Aquilo que alguém diz, inocentemente, é imediatamente transformado em algo muitíssimo diferente do sentido original. E é sempre para a porcaria :)
(e vá, nada de fazer trocadilhos com as vantagens da oralidade). Sou, muito provavelmente, a pessoa mais dirty mind com quem já se cruzaram.

Às vezes nem preciso dizer nada. Só olho, e vejo as pessoas a pensarem, "espera, ela está com aquele olhar, o que é que eu disse que pode ser usado.......ahhhh, bolas, não me ocorreria nem que a vaca tossisse" - Bolas Jonas, só mesmo tu.

Este foi um exercício que aprendi, nas eternas reuniões com clientes, quando ainda trabalhava em publicidade, e que depois tive oportunidade de especializar até à exaustão quando trabalhei no Ministério da Cultura, no Terràvista, no tempo do Carrilho. Se ouvirmos o que se diz nas reuniões, e dermos um significado diferente ou descontextualizado, a reunião fica mais fácil de aguentar. É quase tão eficaz como imaginar os nossos interlocutores na casa de banho, sistema que também uso com frequência. A descontextualização de frases deu até origem a este Blog :)

Se eu fosse aqui como sou lá fora, não teria qualquer problema em identificar pelos nomes, com link para o Blog, as pessoas a quem me referi no post sobre a falta de chá. Mas não posso. Posso usar palavrões, mas o meu filho vem aqui :) E também acho que a plataforma de Blogs do SAPO não me deixa atirar coisas.

Tirando isso, sim, quem aqui vem e me conhece pessoalmente depois, normalmente diz que reconhece em mim a pessoa que escreve no Blog, mas pior.

Não sei se é um elogio se uma crítica, portanto, interpreto como quero, e considero um elogio. Eu aqui sou muito santinha, de facto

6 comentários

Comentar post

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D