Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Um blog é uma arma

por jonasnuts, em 21.11.07
Não, não é uma referência a um cantiga de intervenção que já deve ter uns 30 anos, e que dizia "a cantiga é uma arma".

Este post é este porque eu ia escrever aqui uma coisa em que acredito, que subscrevo e mantenho, mas é acerca de algo que me anda a irritar há uns meses (valentes), e a dar-me problemas há outro tanto, e que hoje culminou com a chamada cereja no topo do bolo.

Portanto, estou furibunda.

Escrever um post, quando se está furibunda, não é boa ideia, pelo menos no meu caso, que consigo ser extraordinariamente violenta, quando estou irritada.

Porque um blog é uma arma, e eu não me quero magoar.

(E não há muito tempo, eu não teria pensado duas vezes e teria escrito mesmo a porra do post, e ter-me-ia dado um gozo do caraças. Será que isto é que é estar mais velha?)

Autoria e outros dados (tags, etc)



12 comentários

Sem imagem de perfil

De Marco a 21.11.2007 às 12:45

Escrevemos bons posts quando estamos irritados. O que deves fazer é escrevê-los à mesma para não perder a força habitual da tua tag favorita e só publicar quando estiveres mais calma.
Agora ter a lata de se falar em armas enquanto se encosta a pobre curiosidade do leitor à parede e se manda alinhar chamar o pelotão de fuzilamento...
Mas concordo contigo: o país não há-de chegar a lado nenhum com esse gajo, o yoko tobi gueri kekomi. Francamente! Despeçam-no, já!
Sem imagem de perfil

De Marco a 21.11.2007 às 12:47

Duas adendas:
1. Os bonequinhos do Sapo são grandes demais e ficam uma bosta nos comentários.
2. Tenho uma gralha no comentário anterior: alinhar ou chamar, uma destas palavras está a mais.
Imagem de perfil

De qvieira a 21.11.2007 às 14:59

Pois uma das "grandes" coisas que o Sapo tem são os "bonequinhos" pelo menos estes sapinhos vão enfeitando as asneiras que por cá escrevemos
Sem imagem de perfil

De Filipe Marques a 21.11.2007 às 12:58

Um post pós moderno. Extremamente agradável
Sem imagem de perfil

De suskind a 21.11.2007 às 23:21

Ena, já muito tempo que não ouvia falar de "yoko gueri". Sim eu só lhe chamava assim. E também foi só assim que me ensinaram.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 21.11.2007 às 23:46

Um yoko gueri é diferente de um yoko tobi gueri kekomi.
O yoko gueri é um "simples" pontapé lateral.

Um yoko tobi gueri kekomi é um pontapé rotativo, por trás, com elevação.

Não aprendeste este? É por trás :)
Imagem de perfil

De pedrocs a 21.11.2007 às 23:55

A cantiga é uma arma, contra a burguesia.

Era uma canção do GAC - Grupo de Acção Cultural, do seu LP "Pois Canté".

Muito ouvi eu isso.

Agora posta lá, prá gente ler.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 22.11.2007 às 00:31

Ainda sei de cor letras desse álbum. Não o tenho, ficou em casa do meu pai.

:)

O post mais tarde, a minha memória é fotográfica.
Imagem de perfil

De anikin a 22.11.2007 às 01:58

É!

(Mas cuidado que há recaídas...)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 22.11.2007 às 02:09

De acordo com o seu Blog, não tem tido muitas recaídas, ultimamente :)

Trate lá disso Anikin.
Imagem de perfil

De Arroto Azul a 22.11.2007 às 23:51

Concordo plenamente... e é por ser uma arma poderosa que parece haver aí muita boa gente a querer privar o seu livre acesso ao comum dos mortais!

"Tenho uma arma, e vou usá-la..."
Sem imagem de perfil

De trz a 25.11.2007 às 01:18

A ponderação e o reconhecimento de uma condição são essenciais à evolução individual, Não obstante a curiosidade humana no ponto de partida de todas as tempestades.
Somos o quanto nos responsabilizamos..
Aqui respira-se ar fresco.

Comentar post






Arquivo