Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



O seu nome, por favor.

por jonasnuts, em 14.11.07
Não é de agora, embirro que me perguntem o nome, quando não há razão absolutamente nenhuma para o fazer.

Quando saio da PT depois das 10 noite, pico o ponto, uso o meu cartão para passar o torniquete, e depois tenho de dar o meu nome, e só o meu nome ao segurança que está na portaria.

No Hospital da Luz, para entrar no estacionamento, tenho de deixar o meu nome. Que, obviamente, não é verificado. O estacionamento é pago.

Sempre que digo o meu nome, uso os meus dois nomes próprios, Maria João, e o meu apelido. Notei ao logo dos tempos que, nestas (e noutras) situações, os únicos nomes que ficavam anotados, eram o Maria e o Nogueira. Primeiro e último. Ora, eu não sou Maria Nogueira, eu sou ou Jonas, ou Maria João Nogueira.

Por mais que eu insistisse em que colocassem o meu nome como deve ser, não havia meio.
Junte-se a isso a implicação que eu tenho com as imbecilidades inúteis.

Dá a minha estratégia actual para estes casos.

Sempre que me perguntam o nome para uma coisa destas, dou um nome falso.

Acho que quer a PT quer o Hospital da Luz, se um dia andarem à cata dos nomes das pessoas, verificarão que a Marisa Cruz fez umas noitadas na PT e no Hospital da Luz.

Autoria e outros dados (tags, etc)



10 comentários

Sem imagem de perfil

De Bruno a 14.11.2007 às 18:34

não é mau feitio. é uma questão de salvaguarda de privacidade.

à entrada da herdade da aroeira pedem-me sempre o nome. e eu dou nomes falsos.

tal como eu, entram ali muitos dirigentes e políticos.

nheheheheh
Imagem de perfil

De pedrocs a 14.11.2007 às 21:10

Isso é genial.
Imagem de perfil

De Rui Alves a 14.11.2007 às 22:19

:D
Boa ideia!
Sem imagem de perfil

De Rui Cruz a 15.11.2007 às 08:22

Dona Maria Cruz, obrigado por promover o Cruz como a nova geração de pessoas a trabalhar no duro na PT. Exepto a PT Contact, que paga mal como o c... :-P

O Cruz foi por acaso? Tenta Verginia Esmeralda a ver o que te dizem.


Rui
Imagem de perfil

De jonasnuts a 15.11.2007 às 12:33

Não leste o post. Eu dou o nome Marisa Cruz, deve haver pontapés delas, mas há aquela que é manequim (ou foi, já não sei) :)
Imagem de perfil

De outrosdias a 15.11.2007 às 09:59

LOL
(grande, grande gargalhada :D :D)
Imagem de perfil

De dottoratoamilano a 15.11.2007 às 12:00

Incrível o tamanha da tag MAU-FEITIO, ahahahah
Bela estratégia, esta do nome. Por aqui onde trabalho, o guarda noturno, depois das oito, começa a rondar o edifício... e a perguntar o nome de toda a gente que encontra:
"olhe, eu não gosto de me meter a vida das pessoas, mas tem de ser, que estou a guardar isto: Quem é o senhor?" :P
Sem imagem de perfil

De Pedro Rebelo a 16.11.2007 às 10:44

Há já uns largos anos, estava ainda na universidade, virei-me para um colega (mais velho, já lá da casa) e disse-lhe "Ó Varela..." ao que ele muito sério me respondeu: Gostava que lhe cortassem a mãe ou o pai ao meio? Como? Gostava que lhe cortassem os paizinhos ao meio? Não? Então quando me chamar, chame-me Antunes Varela. Ou trata-me por Mário como fazes sempre...
Aprendi a lição. A minha filha também vai certamente passar pelo mesmo. Como só tem um nome próprio e quatro apelidos a sina será que só usem o ultimo apelido do pai... Acho que quando ela crescer lhe vou ensinar o teu truque.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 16.11.2007 às 10:51

Epá....essa de cortar os paizinhos ao meio é um bocadinho demais.

Olha o meu caso, tenho 2 nomes próprios e 4 apelidos, sim, quatro, sem contar com os "de" e os "e".

Claro que quando chegou a vez de dar o nome ao meu filho, simplifiquei. Tem um nome próprio, um nome do pai e um nome da mãe. Mais nada.

:)
Sem imagem de perfil

De JoaoSimoes a 18.11.2007 às 01:01

Eu nisso dos nomes , também sou muito simples, tenho um nome próprio e um nome do pai e da mãe ( ambos têm Simões no nome) por isso ficou apenas João Simões

Comentar post






Arquivo