Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

A ponta e o ponto

Imagem retirada daqui

O meu primeiro contacto com relógios de ponto foi há muitos anos, através da minha mãe.
Trabalhava na Lintas, e a Lintas tinha relógio de ponto. Se bem me recordo, eram uns cartões, que se inseriam num obliterador, marcando a hora de entrada. Havia também um chefe, seria um Williams?, que periodicamente pegava nos cartões todos, e assinalava com um círculo vermelho as entradas tardias (sim, mãe, eu tenho boa memória, e sim, eu sei que só tinha 6 ou 7 anos). Também me lembro que a minha mãe refilava com o ponto, e uma vez, apanhou o cartão do tal chefe, e marcou com círculos vermelhos todas as entradas tardias do senhor :)

É portanto genética, esta minha embirração com relógios de ponto.

Em toda a minha vida profissional, nunca tive de usar relógio de ponto. As empresas onde trabalhei não usavam essas coisas.

Lembro-me perfeitamente que quando entrei para o SAPO perguntei especificamente se havia relógio de ponto, e a resposta, sorridente foi, não, nem pensar, isso é só para as pessoas da Telepac, nós no SAPO somos diferentes. Excelente!

Algum tempo depois, mais precisamente 5 anos depois, toca-me um belo cartão de funcionária (palavra linda), e a obrigatoriedade de picar o ponto. E picar com todos os requintes. Quando entro e quando saio, e se não pico tenho de justificar, e se pico mais tarde do que o suposto tenho de justificar, e se não justifico, no fim do mês a remuneração decresce. Passo mais tempo a justificar as vezes que me esqueço de picar a porcaria do ponto (quer à entrada quer à saída) do que o que tenho.

Faz sentido que as pessoas que se regem por parâmetros e padrões mais antigos (antigos tipo, CTT TLP) usem relógio de ponto. E usem esquemas do tipo, se eu sair às tantas e picar e depois voltar a entrar, tenho mais 10 minutos para almoço que posso transferir para a saída e depois pico outra vez e depois amanhã já posso chegar 3 minutos mais tarde.

Mas eu, não tenho jeito, nem queda, nem, cima de tudo, tempo, para estas manigâncias. E, além disso, eu trabalho com Internet. E o "meu" serviço está online 24 horas por dia, o que faz com que a minha disponibilidade não possa passar pelos horários típicos do ponto (acho que é das 9h00 às 18h00, mas não tenho a certeza). Não só não pode passar por essa disponibilidade condicionada, como não precisa. Tenho Internet em casa (imagine-se), e uso-a, também, para trabalhar. Aliás, sou mais produtiva nas 2 ou 3 horas que trabalho todos os dias, em casa, do que em muitas das horas que passo no meu local de trabalho.

E explicar isto a pessoas que não compreendem o conceito de "trabalhar fora de horas"?

Alguém me explica, porque é que num negócio de tecnologia de ponta, ainda há ponto?

6 comentários

Comentar post

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D