Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Estratégia de combate legal à EMEL

por jonasnuts, em 08.11.07
Não tenho nada contra os senhores da EMEL a quem elogio (e insulto, quando me toca o aviso) o zelo profissional com que verificam se o papelucho que temos no tablier está dentro do horário, sacando de imediato do aparelhómetro passador de multas uma vez ultrapassado o horário, por uns meros 5 minutos (sim, já me aconteceu).

Não tenho nada contra, deve ser um trabalho lixado, quase ao mesmo nível de um trabalhador da DGCI, mas a verdade é que também não tenho nada a favor.

Acho o sistema tão ridículo, e tão dificultador da vida das pessoas que, desgraçadamente, têm de levar o carro para Lisboa, que não posso ter outra postura senão tentar, dentro dos limites da legalidade, subverter o sistema.

Este era o tablier do meu carro, hoje :)


Nem sequer se vêem todos os tickets, e, para os legalistas que estejam a pensar, havia, de facto um ticket legal :)
Mais alguém alinha?

Autoria e outros dados (tags, etc)



33 comentários

Sem imagem de perfil

De André a 09.11.2007 às 00:22

Ge. Nial!

Acho que com jeitinho, a moda pode pegar. Sugiro criar-se um grupo/tag no flickr para o pessoal enviar pra lá as fotos das suas batalhas!

(pelo menos assim fica-se a saber quando alguém for multado ou confrontado com o senhor agente... da emel haha)

Sem imagem de perfil

De Pedro Aniceto a 09.11.2007 às 01:41

Não me parece grande ideia... Follow me: Supõe que eu sou o fiscal e te multo. É a TI que cabe a chatice de contestar (provar tu provas), mas vai-te custar dinheiro e tempo. Para o exército de juristas que trabalha para eles é apenas mais um auto, para ti é um advogado, horas de trabalho e despesa. De um ponto de vista legal MESMO com o papelinho legal lá, podem sempre invocar que não estava visível (já perdi uma guerra dessas quando um dia fechei a porta e o ticket ficou com um terço tapado dentro do friso do ventilador). E é ténue (muito ténue) a linha entre a "visibilidade" como tu a tens no teu tablier e a "visibilidade" de um único ticket.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 09.11.2007 às 10:11

É verdade isso que dizes. Mas eu consigo provar e contestar, e tenho paciência (e muitos anos de experiência em reclamações persistentes). Nem preciso de advogado.

Eu sei que esta subversão não dura muito tempo, se muita gente começar a fazer isto, eles limitar-se-ão a acrescentar uma linha às regras e resolvem assim o problema :)

Mas enquanto resolvem e não resolvem, eu vou-me divertindo, que é para isso que isto serve, na realidade :)
Imagem de perfil

De outrosdias a 09.11.2007 às 10:19

LOL
Sem imagem de perfil

De a. almeida a 09.11.2007 às 10:44

Jonas,
acho uma excelente ideia. Mas prepara-te para a luta. Esses tipos acham que o cinismo é um exclusivo deles.
Mas sempre vão ficar com cara de parvos nem que seja por uns instantes.
Sem imagem de perfil

De Gonçalo Silva a 09.11.2007 às 11:25

Digamos que essa postura não é novidade. Conheço algumas pessoas que o fazem/fizeram, tal como eu.

Posso-te dizer que já fui multado com o Ticket válido entre todos os outros. Não paguei, porque só pago multas que chegam com carta registada a casa, e a EMEL tem-me poupado nesse aspecto, umas 10 multinhas ;)

A justificação deles para te multarem é por e simplemente "Ticket presente mas não visivel se é válido", ou seja, é o mesmo que teres só um ticket mas virado para baixo.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 09.11.2007 às 11:41

Como é que podem justificar que não é visível se é válido?

Eu tiro uma fotografia que mostra, nitidamente a visibilidade e a validade do ticket :)

E a foto é datada, e tem a hora a que foi tirada :)
Sem imagem de perfil

De Gonçalo Silva a 09.11.2007 às 11:52

Não precisas de fotografia, basta enviares o ticket válido que eles anulam a multa.

Eles ficam sempre a ganhar, se tens ticket válido tens o trabalho de o provar, se não tens ticket para o provar pagas a multa.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 09.11.2007 às 12:02

Ah, mas eles têm o trabalho de me notificar.

:)

Eu não disse que era fácil. É trabalhoso, mas é divertido.
E se toda a gente fizer o mesmo, inundamos os gajos em notificações.
Pelo menos até perceberem e imporem a regra da permanência exclusiva do ticket válido no tablier.

Imagem de perfil

De Saяa a 09.11.2007 às 14:07

Muito bom!! Bela foto! Ehehehehehe
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.04.2011 às 03:25

Conselho anónimo ou dica:
Colar uma multa da emel, (pôr cola sobre os caracteres, mas pouca), com a parte impressa virada para o pára-brisas de forma a que não se possa lêr.
Estacionar alegremente e sempre sorrindo, salivar de entusiasmo por um refrescante e sempre agradavél enfrentamento com os " coisas". Esperar... que o " coisa" a retire do para-brisas e a rasgue ficando ilegivel ( foi por causa do sol que a colou, etc.) Depois, é só esperar que isso provoque o riso, a nós claro, crie alguma diversão e ocupe o tempo dos " Defuncionários" para que outros utentes da via "pública" usem a sua via sem que dê tempo a serem multados/roubados. Moral da História:
Não as paguem, gastem antes o dinheiro em cola apropriada para o efeito, tipo transparente.

assina:

BCE/FMI assault Delta Force
Imagem de perfil

De jonasnuts a 06.04.2011 às 08:45

Obrigada pela dica :) Vou transmitir a um amigo que gosta destas coisas, sobretudo se se tratar de lixar a vida à emel :)
Sem imagem de perfil

De pedrofern a 22.10.2011 às 12:00

ha cerca de 1 ano e meio recebi uma multa da emel (bilhete amarelo) que nao paguei. entretanto a uns dias no correio tinha la o bilhete para ir levantar uma carta da emel aos correios. ainda nao fui. se nao for e nao pagar a multa o que pode acontecer?
Imagem de perfil

De jonasnuts a 22.10.2011 às 12:02

Não faço a mínima ideia, e confesso, partilho da mesma dúvida :)

O primeiro a saber, diz ao outro :)
Sem imagem de perfil

De Noudar a 24.10.2011 às 10:37

Há 3 dias tb recebi uma carta registada da EMEL, julgo que se prende com um desses papelinhos amarelos. "Ofereceram-me" um há 1 ano e tal e outro há 6 meses, será disso ?????

O que fazer ? - Levantar ? - Ou deixar andar ?
Imagem de perfil

De jonasnuts a 24.10.2011 às 10:38

A decisão é sua..... :)
Sem imagem de perfil

De noudar a 24.10.2011 às 12:30

Vi agora que a emel envio milhares de "cartas" noticia do CM.
OK, a questão é quais as consequencias do deixar andar ?
Imagem de perfil

De jonasnuts a 24.10.2011 às 12:39

Pois, não faço ideia, não sou da emel.
Sem imagem de perfil

De pedrofern a 25.10.2011 às 11:24

pois, agora ja recebi uma 2ª carta da EMEL para levantar nos correios. a 1ª ainda nao a fui buscar e sinceramente nao sei se vou. gostaria era mesmo de saber o que acontece se nao pagar... uma coisa é certa, nao vou pagar as duas multas pois uma delas passaram mesmo eu tenho deixado um bilhete a dzr que todos os parquimetros estavam avariados, e tavam msm... corri a rua tudo e nao havia um que nao funcionasse
Sem imagem de perfil

De Mário Soares a 25.10.2011 às 22:12

A solução é simples: NÃO PAGUEM!

Se um cinema tem poucas pessoas a irem ver os filmes, fecham. Se ninguém vai comprar cafés no café, ele fecha. Se NINGUÉM pagar as multas da emel, eles acabam. Um EMPRESA como a emel ganha o seu dinheiro a alugar aquilo que é ESPAÇO PÚBLICO. Ou seja: de todos nós. Sempre que virem uma multa num carro (no vosso ou noutro) RASGUEM-NA, a dor de cabeça que eles vão ter com esses casos vão ser tão grandes que eles vão deixar de existir.

Pergunta existencial: quando as carrinhas da emel estacionam num lugar parqueado, porque não têm também de pagar o ticket?????

fiquem com esta:Os próprios funcionários da EMEL chegaram a acumular dívidas de milhares de euros, em multas por estacionamento irregular em zonas geridas pela empresa, infracções já noticiadas pelo CM. Uma secretária do presidente da EMEL, António Júlio de Almeida, tinha 282 avisos de pagamento, que totalizavam 1296 euros. Outra funcionária do departamento de contra - ordenações da EMEL tinha 496 avisos de taxas de estacionamento, num total de 2371 euros.»

um abraço,

mário soares
Sem imagem de perfil

De noudar a 04.11.2011 às 13:41

Parece que se não levantarmos a 1ªcarta registada a seguir a EMEL envia outra não registada e aí o "infractor" é considerado notificado.
Sem imagem de perfil

De pedrofern a 10.11.2011 às 00:11

Boa noite,
alguem sabe dizer quanto tempo demoram as multas a prescrever? è que sempre ouvi dizer que eram 2 anos mas agora um conhecido meu disse-me que afinal sao 4 anos!
cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Pedro Valente a 11.11.2011 às 01:08

Boas,

Estaciono e está a chover como se não houvesse amanhã, vou ao parquímetro , coloco à volta de TRÊS € e o parquímetro o que faz? Não tem papel! Já a pingar decido seguir com a minha vida. Quando volto tenho uma coisa estranha com uma forma pseudo arredondada do lado direito, de cor amarela. Mal vejo o "E" do logótipo deles pensei "já me lixaram".
Agora decidi escrever-lhes uma carta de reclamação, uma coisa extremamente formal e tal, mas as minhas perguntas são: Valerá a pena? Não estarei a dar-lhes motivos para me tentarem lixar novamente? Não poderei simplesmente fingir que aquilo não estava lá, ou que alguém tirou? Pois, porque essas coisas acontecem.
O que faço?

Abraço,
Pedro Valente
Sem imagem de perfil

De pedrofern a 16.11.2011 às 00:10

Boa noite, recebi agora em casa uma carta nao registada da emel a dizer que tenho que pagar 30 euros bla bla bla... o que acontece se nao pago esta e esqueço que recebi a carta?
cumprimentos

Comentar post


Pág. 1/2






Arquivo