Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Ubuntu e outros bichos

Antes que se ponham com tretas de fundamentalismos de sistemas operativos aviso desde já que eu sou do tipo ecuménico.

Uso, neste momento, o Mac OS, o XP e o Ubuntu, em máquinas diferentes. Usei o Vista durante uns tempos, mas aquilo atascava-me a máquina, fiz o "downgrade" para XP.

Ora, quando eu digo "fiz" quero na realidade dizer que alguém fez.

Isto porque, para espanto de muitos dos que sabem o que eu faço na vida, eu não pesco muito de informática. Não sei o que é se passa por trás do teclado (sim, já sei, por trás do teclado não se passa realmente nada, mas é uma metáfora), não sei escrever uma linha de html, e, mais grave, não quero saber.

Uso a tecnologia para ela me facilitar a vida (e facilita), não para ter de memorizar ou aprender coisas de que não preciso, de que não quero precisar.

Portanto, ele, é o pioneiro cá de casa (e não só, mas fiquemos por aqui), é ele que compra o último modelo disto, o último gadget daquilo, eu "limito-me" a ficar com o excesso, o que tem dado imenso jeito. Fico com os gadgets e fico com a experiência de utilização. Não, isto ainda está muito beta, sim, isto já dá para usar.

Mas isto tudo para dizer que do ponto de vista do utilizador comum (que sou eu), o tal do Ubuntu ainda tem de caminhar um bocado, e já agora o tão histericamente aguardado Leopard a mesma coisa. Tudo o que oiço à minha volta é que dão uma trabalheira a instalar, e que tiveram de fazer assim, e assado, e safe mode, e compatibilizações de placas gráficas, e reposição de ficheiros e outros números que não compreendo, e que me passam ao lado.

Ah e tal, mas depois de instalados funcionam muito bem, não precisam de reboots, e são lindos.

Se fosse eu a tratar dessas coisas, aqui em casa, ainda estávamos com o Windows 3.11.

Eu quero carregar num botão e que aquillo funcione tudo, sem complicações.

14 comentários

Comentar post

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D