Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D



Fair Play

por jonasnuts, em 21.10.07
Ontem, enquanto via (olhava pelo canto do olho) o jogo do Glorioso e ouvia vagamente os "senhores" que faziam os comentários do jogo, ouvi uma pérola.


O Benfica estava numa jogada de ataque. Há um jogador do Setúbal estendido no chão. O Katsouranis que vê o outro caído no chão, chuta a bola para fora, a fim de que a equipa médica do Setúbal possa entrar em campo e assistir o jogador lesionado.

E eu penso: Porra, assim é que é. São cada vez mais raras estas demonstrações de fair play. No fundo, o fair play é uma afirmação de importância, uma atribuição de prioridade a determinados valores que são cada vez mais raros na indústria futebolística (e sim, é uma indústria). Ver um jogador da primeira liga, aliás, do maior clube da primeira ligar a ter uma atitude destas é, para mim, um motivo de regozijo.

Já para os "senhores comentadores" a coisa é diferente, e disseram imediatamente:
Isto não é atitude de um jogador profissional. Estão lá 4 árbitros, é a eles que lhes compete interromperem o jogo. O Katsouranis deveria ter continuado com a jogada até ser interrompido pelo árbitro.

E eu ponho-me a pensar nestes "senhores", e na postura cata-vento de acordo com os seus interesses. E desvalorizo, porque acho que se o Katsouranis tivesse continuado a jogar, os "senhores comentadores" teriam lamentado a sua falta de fair play.

São poucos os comentadores isentos. Prefiro um comentador que assumidamente defenda o seu clube, do que os que se escondem atrás de uma falsa isenção. Os primeiros são honestos.

Tenho saudades do Jorge Perestrelo. Não sei por que clube é que torcia, mas lembro-me de ouvir vários relatos feitos por ele, e pensar sempre "Então mas este gajo é do sporting? Pensei que fosse do Benfica, mas da maneira como está a gritar o golo do sporting significa que só pode ser sportinguista.", mais tarde, noutro relato, o mesmo entusiasmo a gritar pelo golo de outra equipa qualquer.

Tenho esperanças de que tenha sido Benfiquista :)

Autoria e outros dados (tags, etc)



12 comentários

Sem imagem de perfil

De Marco a 21.10.2007 às 11:47

Acho que era mesmo sportinguista, era dos lagartos, como ele veio de Angola (acho eu) só poderia ser lagarto ou glorioso.
Sem imagem de perfil

De Armando a 19.11.2008 às 00:41

O Jorge Perestrelo era Benfiquista. Trabalhei com ele em Angola quando ainda não sonhava fazer relatos.Era Bancário.
Imagem de perfil

De Mário a 21.10.2007 às 11:53

Ai ai... Que o meu Vitória ontem ia fazendo um brilharete :D
Imagem de perfil

De jonasnuts a 21.10.2007 às 12:51

Eu diria que fez um brilharete.

Ir à Luz empatar com o Glorioso é um brilharete :)
Imagem de perfil

De Arroto Azul a 21.10.2007 às 12:51

Pois... a maior parte dos comentadores não prestam. Essa é a verdade. Opinam muitas vezes, a maior parte delas nem o deviam fazer e dizem coisas parvas. E "coisas parvas" é mesmo o termo!

A única verdade é que se podiam evitar muitas confusões se os árbitros fizessem o seu trabalho e parassem o jogo quando vissem alguém no chão, ou fossem avisados... Enfim. Os árbitros também são parvos!
Sem imagem de perfil

De Luis Matos a 21.10.2007 às 20:54

comentário de um qq jogo do slb, antes da equipa contrária marcar um golo:
- Cardozo muito bem até agora. Defesa muito sólida, meio campo a controlar e a dominar. Facilidade de circulação de bola até à área adeversária.
(nada de comentários em relação à outra equipa, evidentemente, não é o sporting nem o porto).

eis que ... equipa adeversária marca:
- A defesa do benfica não se encontra, da muito espaço. O meio campo não se entende. As bolas não chegam à balia contrária ... há um desnorte dos jogadores.

ponto A - não se comentam outras equipas. As pessoas pouco sabem sobre elas e nem querem saber (ou isto são os comentadores)
ponto B - as equipas "grandes" ou jogam bem, ou jogam mal ... as outras equipas nem se sabe se jogam.
ponto C - os jogos mais equilibraddos a nível de comentadores são entre os 3 grandes.
Sem imagem de perfil

De IT Man a 22.10.2007 às 00:34

O que disseste é de facto uma atitude de fairplay já bastante banal no futebol. Mas saiu há pco tempo (um mês?) uma nova regra no futebol que diz que devem ser os árbitros a interromper o jogo caso esteja um jogador caido e não esperar que a bola seja atirada para fora como acontecia até então. Jogador no chão, arbitro interrompe o jogo, e assim não se espera por fairplay de ninguém. Depois a bola regressa ao jogo com o "bola ao solo".

Os árbitros portugueses é que ficaram lá atrás, no século passado...
Sem imagem de perfil

De Marco a 22.10.2007 às 20:10


Só uma pequena correcção: onde se lê "maior clube da primeira liga", devia ler-se "maior clube do mundo".

Uma coisa não invalida a outra, mas é mais abrangente :)

E sim, o Perestrello era lagarto, mas ninguém fazia os relatos como ele...
Sem imagem de perfil

De António Soares a 22.10.2007 às 21:52

É verdade Marco, ouvi dizer que é o maior clube do mundo. Felizmente que o melhor clube do mundo fica um pouco mais a norte (cerca de 300 km) e veste de azul-e-branco! :)
Desculpem-me mas tinha (MESMO) que mandar esta...

Quanto ao fair-play, como diz o poeta Jesus, é uma treta seja vestido de verde, vermelho, azul ou amarelo... É competência do árbitro avaliar se o jogo deve ou não ser interrompido. Evitam-se assim situações de abuso por parte do (muitas vezes) suposto aleijado.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 22.10.2007 às 22:03

O Belenenses não é, definitivamente o melhor clube do mundo, e fica a menos de 300km da 2ª circular. Belém não é assim tão longe.
Sem imagem de perfil

De olaré a 25.10.2007 às 19:06

Não foi este mesmo senhor quer partiu a perna ao melhor jogador da liga passada (enquanto o deixaram jogar)? na altura teve tudo menos fairplay!
Quanto ao perestrelo, além de ser sportinguista, morreu a seguir na manhã seguinte a ter relatado um emocionante jogo do sporting (o sporting perdeu 3-2 com aquele clube holandês que agora eliminou o paços de ferreira, tendo passado, após prolongamento à final da taça UEFA que se realizou em alvalade)
Sem imagem de perfil

De João Paulo a 28.10.2007 às 01:41

Jorge Perestrelo nasceu na cidade do Lobito (Benguela - Angola) e foi do Sporting. As pessoas não podem ser perfeitas, se tivesse nascido na bela cidade de Benguela, aí sim, seria perfeito.
A edifício e a rádio do Lobito onde se lançou ainda existem.

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D