Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Fátima Campos Ferreira

por jonasnuts, em 24.09.07
Sabem aquelas pessoas que bastam uns meros 5 minutos para detestar?
É visceral.

Pronto, é mais ou menos o efeito que a Fátima Campos Ferreira provoca em mim, desde sempre.

É embirrante, não sabe entrevistar, fala alto, e gosta de se ouvir (que é uma característica péssima, numa jornalista/entrevistadora).

É uma espécie de João Kleber meets Manuela Moura Guedes.

Essa é mais uma razão que me afasta do Prós e Contras.

Autoria e outros dados (tags, etc)



3 comentários

Imagem de perfil

De pedrocs a 24.09.2007 às 23:51

Nunca suportei essa tipa.

E o facto de tentar disfarçar o facto de que troca os "b" pelos "v", só faz pior. Ao menos, assuma-se!
Sem imagem de perfil

De cristina miranda a 30.11.2016 às 16:32

gostas não gostas temos pena esta paxina foi atacada para publicar e foram pagos por algums da RTP que não gostam da jornalista se não gostam que punham no lado do prato não era preciso gastarem dinheiro para mandar atacar isso os malucos não querem audençias mas sim a maldade foi por isso que a justiça voltou em grande em forma e que já foram algums jornalistas nos atentados por publicar e gravarem coisas falas aos respeitos dos outros eu tenho os vidios todos do que se passou com fatima campos ferreira dentro da RTP se ela e porca quem publicou isto e o que e babalhoca deve ter sido a dina aguiar ne a tratamentos para cabeça cristina miranda so não publico as violações dentro da RTP mas da para publicar outras coisas se quizer iluminar as paxinas falsas ao respeito da fatima campos ferreira pensam duas vezes antes de publicar
Sem imagem de perfil

De António Manuel Dias a 25.09.2007 às 22:25

Realmente, numa entrevista com a FCF nunca se consegue ouvir o entrevistado.

Quanto ao prós e contras, cada vez que o vi, porque o assunto me interessava, fiquei sempre com a ideia que era mais um prós e prós, para além de ter a sensação que a moderadora, para além de parcial, estava sempre mal preparada. Agora, já nem quando o assunto me interessa vejo o programa: não há pachorra!

Comentar post






Arquivo